Foto: Reprodução A 10 semanas do vestibular mais importante do país (o Enem), o mergulho nos estudos deve ser intenso e contínuo. E saber o que é imprescindível estudar é fundamental para maximizar a pontuação e ajudar a organizar a rotina de estudos. O gerente pedagógico e professor de português do Descomplica (plataforma de ensino online)  Eduardo Valladares, enumera 10 […]

A maioria das pessoas acha que os números de um texto formal sempre devem ser escritos por extenso. Na realidade, existem algumas diretrizes que determinam se há necessidade de se escrever o número por extenso ou se é possível escrever o algarismo. Seguem, como material de consulta, as principais diretrizes de uso dos números em […]

Surgiu a dúvida? Não sabe se é uma palavra só ou se são duas? Consulte as Dicas de Português! Haverá várias postagens sobre como grafar corretamente certas expressões – e certas palavras confundidas com expressões. A primeira dúvida a ser extinta: “a fim” é escrito junto ou separado? Para os sentidos que usamos mais, “a […]

Talvez seja óbvio para muitos que essas três palavras sejam escritas assim. Mas, é fato: são vítimas de muitas confusões. Às vezes, o “z” do “traz” permuta com o “s” do “atrás”, ou “trás” é indevidamente usado como se fosse uma legítima conjugação do verbo “trazer”. Para não confundir mais:  “Atrás” é grafado com “s”. É […]

Foto: Reprodução De acordo com a norma culta, alguém dorme ao volante, e não no volante. Para dormir NO volante, essa peça deveria ter, no mínimo, o tamanho de uma cama. O importante mesmo é jamais dormir ao volante. Cuide-se! O sono é a segunda maior causa de acidentes no trânsito. (Dicas Diárias de Português)

DICAS DE PORTUGUÊS

Foto: Reprodução A nossa bela língua portuguesa quase sempre nos deixa cheios de dúvidas, não é mesmo? A nossa Gramática ainda é um grande mistério para muitas pessoas e, apesar de sermos falantes habilidosos e de sabermos adequar a linguagem de acordo com a necessidade de cada situação, por vezes ficamos na dúvida sobre o […]

Foto: Reprodução Dominar gramática, interpretação de textos e redação é fundamental para se garantir em qualquer concurso público. Por isso, a prova de português não deve ser subestimada por quem acha que já domina a língua, segundo Pollyana Dieine, especialista em concursos e professora do Universo do Concurso. “É um estudo que demanda tempo, atenção e disposição”, alerta. […]

Por Thaís Nicoleti, ”Austrália deporta americano que matou esposa em lua-de-mel” A notícia é, no mínimo, espantosa, mas é isso mesmo: o homem matou a própria esposa em plena lua de mel. A situação parece contraditória, pois a lua de mel, pelo menos em tese, é o período em que os recém-casados experimentam as mais doces […]

Qual usar: precursor ou percursor?

Um pequeno erro de digitação pode transformar inventores em maratonistas ou o contrário. Afinal, as palavras “precursor” e “percursor” são parônimas e muito suscetíveis a confusões (basta fazer uma busca no Google Notícias para constatá-las). Do latim praecursor, “o que vai à frente”, a palavra “precursor” aponta pioneirismo. Galileu Galilei, por exemplo, foi considerado o precursor da astronomia. Descartes, […]

  (Foto reprodução/Google) “Sérgio, ano passado, assistindo ao Estúdio i da GloboNews, enviei uma pergunta a Dori Caymmi, que era o entrevistado do momento, e nessa pergunta usei esta expressão: ‘Certa feita, Dori, você disse que sua música era triste porque o Brasil também era triste…’. A apresentadora do programa, antes de passar a pergunta […]

A cerveja ‘que desce redondo’ ou ‘que desce redonda’?” (Rosângela Rosas) O slogan da Skol está correto, Rosângela. “Redondo”, no caso, não é um adjetivo, o que obrigaria a palavra a concordar com o gênero feminino do substantivo “cerveja”. É um advérbio, forma sintética de “redondamente”, que modifica o verbo “descer” e não sofre flexão […]

(Foto reprodução/Google) No português culto, quem ainda não atingiu a maioridade é chamado “menor de idade” – ou apenas “menor”, forma abreviada que, a depender do contexto, pode ser suficiente para transmitir a mensagem desejada. Evidentemente, isso vale para menores de qualquer idade, e os 14 anos mencionados por Edilson servem apenas como exemplo. “De […]

Grupo de trabalho no Senado vai analisar implantação da reforma ortográfica e propor mais mudanças Nesta semana, uma discussão sobre (mais) uma nova reforma ortográfica da língua portuguesa veio a público revelando uma proposta esdrúxula. Segundo a versão que circulou, um grupo do Senado defenderia uma “simplificação” do idioma escrito propondo para isso que palavras […]

  Sérgio, se diz ‘alguém que eu gosto muito’ ou ‘alguém de quem eu gosto muito’?” (Carlos Roberto) Na língua culta, o correto é dizer “alguém de que (ou de quem) eu gosto muito”. Isso porque o verbo gostar, sendo transitivo indireto, exige a preposição de. O mesmo não ocorreria se o verbo fosse, digamos, adorar, […]

Sérgio Nogueira ALISAR ou ALIZAR  Alisar = tornar liso: Ela pretende alisar o cabelo. Alizar = guarnição de portas e janelas: Só falta pintar os alizares das portas. AMORAL ou IMORAL Amoral = indiferente à moral: A ciência é amoral. Imoral = contrário à moral: A pornografia é imoral. APRENDER ou APREENDER Aprender = instruir-se, […]

HOMÔNIMOS E PARÔNIMOS – PARTE I

Sérgio Nogueira 1. ACENDER ou ASCENDER Acender = pôr fogo, ligar: Ele foi acender a vela. Ascender = subir, elevar-se: Ele quer ascender de posto. 2. ACENTO ou ASSENTO Acento = intensidade, sinal gráfico: Coloque o acento na sílaba tônica. Assento = lugar onde se senta: Saiu, e eu ocupei seu assento. 3. ACIDENTE ou […]

HOMÔNIMOS E PARÔNIMOS

Sérgio Nogueira Você sabe o que são palavras homônimas? Homo (do grego) significa “igual”. São palavras iguais. O nosso problema, na realidade, são as palavras homônimas homófonas (= som igual, escrita diferente e significados diferentes). É o caso de conserto e concerto. Quando falamos, não se percebe a diferença, pois a pronúncia é a mesma. A dúvida surge […]

OS SETE PECADOS MORTAIS DA CRASE

Sérgio Nogueira Do meu eterno mestre Édison de Oliveira, em Todo mundo tem dúvida, inclusive você. É impossível haver crase: 1º) antes de palavra masculina: “Ele está no Rio a serviço”; 2º) antes de artigo indefinido: “Chegamos a uma boa conclusão”; 3º) antes de verbo: “Fomos obrigados a trabalhar”; 4º) antes de expressão de tratamento: “Trouxe […]

Sérgio Nogueira A diferença entre DISSE e TINHA DITO é o tempo verbal: DISSE está no pretérito perfeito e TINHA DITO, no pretérito mais-que-perfeito do indicativo. O pretérito perfeito indica uma ação concluída no passado: “Ele disse, saiu, fez…”; o pretérito mais-que-perfeito indica uma ação anterior a outra ação que já está no passado: “Quando […]

Sérgio Nogueira É um caso facultativo. Antes dos pronomes possessivos (minha, tua, sua nossa…), o uso dos artigos definidos é facultativo: “Este é o meu carro” ou “Este é meu carro”; “Aquela é a minha sala” ou “Aquela é minha sala”. Assim sendo, quando houver a preposição “a” antes de um pronome possessivo feminino singular, restará a dúvida cruel: existe ou não o […]

Sérgio Nogueira É comum ouvirmos: “O jogo será na madrugada de sábado para domingo.” Rigorosamente não existe madrugada de sábado para domingo. Basta dizer: “O jogo será na madrugada de domingo.” Madrugada é o intervalo de tempo correspondente às últimas horas da noite, antes do nascer do Sol (=entre a meia-noite e, aproximadamente, as 6h da […]

PÊGO, PEGO ou PEGADO?

Sérgio Nogueira Dúvida do leitor: “Na minha juventude nunca ouvi alguém falar que “foi pêgo”. Agora, a TV (Rio e São Paulo passam o tempo falando essa asneira. Até o jornal que se acha o melhor do país, que é a F. São Paulo, caiu nessa). Sob a minha óptica, respaldado no Caldas Aulete e […]

SÔGROS ou SÓGROS?

Sérgio Nogueira Carta de leitor: “Na sua coluna foi dito que certas palavras sofrem metafonia quando vão para o plural, tendo-se dado exemplos fogo, porco e sogro. Ora, segundo os gramáticos, o plural de sogro NÃO sofre metafonia. É uma exceção.” Meu caro leitor tem alguma razão. Segundo a gramática do professor Evanildo Bechara e a do professor Rocha […]

DÚVIDAS DE PORTUGUÊS

À TOA OU À-TOA?  É preciso entender o que antes vigorava e o que agora impera, tendo em vista as mudanças oriundas do Novo Acordo Ortográfico. Veja, pois, a explicação: À toa, denotando o sentido referente “ao acaso”, “a esmo”, “sem fazer nada”, antes já era e depois da nova reforma continua sendo grafada sem […]

DICA DE CONCORDÂNCIA

Sérgio Nogueira 1. O MILHAR ou A MILHAR? MILHAR e MILHÃO são substantivos masculinos: “A maioria DOS SEUS MILHARES de fãs são meninas de dez a 14 anos de idade”; “NOS MILHARES de linhas que li, não encontrei nada que me interessasse”; “OS SEUS MILHÕES de fãs são mulheres”; “Havia UM MILHÃO de pessoas e […]

FALSOS SINÔNIMOS PARTE XII

Sérgio Nogueira / G1 SANÇÃO – Cuidado. Pode ser “aprovação” ou “punição”: “Esperamos a sanção do presidente” (= aprovação); “Teme-se que haja sanções contra o Iraque” (= punições). SANCIONAR – Deve ser usado somente com o sentido de “aprovar, promulgar”: “O governo deve sancionar a lei até o fim desta semana.” SANEAR – Para “finanças”, devemos usar sanear, e não “sanar“: “O empréstimo […]

FALSOS SINÔNIMOS PARTE XI

Sérgio Nogueira / G1 QUESTIONAR – É “pôr em dúvida”: “O deputado questionou a legalidade do contrato.” Não é sinônimo de perguntar: “O deputado perguntou (e não questionou) se o banqueiro iria depor hoje à tarde ou somente amanhã”. RAPTO – Não é sinônimo de seqüestro. Rapto é só de mulheres e com fins sexuais: “É hábito, nesta tribo, a mulher ser raptada pelo futuro marido”. […]

FALSOS SINÔNIMOS PARTE X

Sérgio Nogueira / G1 OBSERVAÇÃO/OBSERVÂNCIA – Observação é “o ato de observar, perceber pelos sentidos”, é “o reparo, a advertência”: “O diretor fez duas observações importantes.” Observância é “o cumprimento, a execução fiel”: “Para evitar acidentes, é importante que haja a observância das normas.” OPORTUNISTA – Cuidado. Palavra perigosa. Apresenta carga negativa: “Romário é um atleta muito oportunista.” Se ele […]

FALSOS SINÔNIMOS PARTE IX

Sérgio Nogueira / G1 MADRUGADA – É o período do dia que vai da zero hora até o amanhecer. Evite: “Transmitiremos a luta na madrugada de sábado para domingo“. O correto é: “…na madrugada de domingo”. MAIOR/MAIS – Maior refere-se à intensidade ou tamanho: “O empresário espera maior êxito desta vez”; “Precisamos de maior ajuda”. Mais deve ser usado para palavras ou […]

FALSOS SINÔNIMOS PARTE VIII

Sérgio Nogueira / G1 JORNADA – Corresponde ao trabalho “diário”. Meia jornada é trabalhar “metade do dia”. É bom evitar “jornada semanal ou mensal“. JUDEU – Não é necessariamente um israelense. Judeu se refere à etnia; israelense é quem nasce em Israel; israelita é o seguidor da religião e da cultura de Israel. JUDIAR – Por sua referência ao sofrimento dos judeus, é […]

FALSOS SINÔNIMOS PARTE VII

Sérgio Nogueira / G1 BENGALÊS/BENGALI – Bengalês é relativo a Bangladesh e Bengala (região entre a Índia e Bangladesh). Bengali é o idioma. HINDU/INDIANO – Hindu é quem segue o hinduísmo (= religião); indiano é quem nasce na Índia ou relativo à Índia. Híndi ou Índi é o idioma mais falado na Índia. ILEGAL – É a situação, e não a pessoa. Não existem “imigrantes ilegais”. Prefira: “Os […]

FALSOS SINÔNIMOS VI

Sérgio Nogueira / G1 FALÊNCIA – É mais adequado só usar para empresas. Para pessoas físicas, é melhor usar insolvência. FAMILIAR – É preferível utilizar a palavra parente, por ser mais usual. FATAL – É “que mata”. Portanto, não há “vítima fatal”. O acidente é que foi fatal: “Um acidente fatal com duas vítimas.” FRONTEIRA – Usamos para países: […]

FALSOS SINÔNIMOS PARTE V

Sérgio Nogueira / G1 EM PRINCÍPIO – Significa “em tese, teoricamente, por princípios”: “Em princípio (= por princípios religiosos), ele é contra o aborto”. Com o sentido de “inicialmente, num primeiro momento”, é melhor usar A PRINCÍPIO. EM VEZ DE – Significa “em lugar de”. Deve ser usado para qualquer tipo de troca, de substituição: “Foi à […]

FALSOS SINÔNIMOS PARTE IV

Sérgio Nogueira /G1 DENUNCIAR – Rigorosamente, só o Ministério Público (= um promotor) pode apresentar uma denúncia. Hoje em dia, no meio jornalístico, é aceitável o uso de denúncia como uma “revelação”: “…como foi denunciado ontem aqui no Jornal Nacional”. Devemos, entretanto, usar com cuidado e moderação. Exemplo inaceitável: “O Jornal Nacional denunciou (= mostrou) ontem a última […]

FALSOS SINÔNIMOS PARTE III

Sérgio Nogueira / G1 COCA/COCAÍNA – Coca é a planta; e cocaína, a droga: “Mastigava folhas de coca”; “Era viciado em cocaína”. COMERCIALIZAR – É mais do que simplesmente vender: “A empregada doméstica resolveu vender (e não comercializar) o carro importado que ganhou no sorteio do supermercado.” Quem comercializa um produto pode vender, comprar, trocar, alugar, financiar… CONFISCAR – Não é sinônimo […]

FALSOS SINÔNIMOS PARTE II

Sérgio Nogueira / G1 ARBITRAGEM – É o “ato de arbitrar”. É bom não usar em lugar de árbitro: “A arbitragem não deu o pênalti.” Devemos dizer que “o árbitro não deu o pênalti”. ARRUINADO – Significa “empobrecido, quem perdeu tudo”: “O rico empresário ficou arruinado”. Não devemos usar no sentido de “ficar em ruínas”: “O aeroporto ficou totalmente destruído […]

FALSOS SINÔNIMOS PARTE I

Sérgio Nogueira / G1 Vejamos, a seguir, uma série de palavras que devemos usar no seu real significado: ACATAR – Significa “obedecer”: “Ele acatou as ordens do juiz”. Não é sinônimo de acolher: “O juiz da décima Vara Federal de Brasília, Marcus Vinícius Reis Bastos, acolheu (e não acatou) a denúncia do Ministério Público Federal contra os três”. ADMITIR […]

ORIGEM DA PALAVRA MANJEDOURA

Sérgio Nogueira Qual é a origem da palavra manjedoura? Segundo o mestre Deonísio da Silva, manjedoura deve vir do italiano mangiatoia, cocho onde se põe comida para os animais. Pode ter derivado de manjar (=comer), que tem formas semelhantes no francês manger e no italiano mangiare. No latim, que deu origem ao português, ao francês e ao italiano, há o verbo manducare, que […]

Sérgio Nogueira a) Quando não há sujeito (=referindo-se a tempo ou a espaço), deve concordar com a palavra seguinte: “É uma hora da tarde.” “SÃO duas horas da tarde.” “SÃO treze horas.” “DEVE SER meio-dia e meia.” “PODERIAM SER doze horas e trinta minutos.” “ERAM dez para as três.” “SÃO treze quilômetros até o centro […]

Sérgio Nogueira Você sabe… …quando devemos usar os artigos definidos (o, a, os, as)? No jornalismo em geral, em chamadas e títulos, a tendência é a supressão dos artigos, principalmente os definidos. Há casos, entretanto, que merecem uma atenção especial: 1a) A diferença principal é a intenção de especificar ou generalizar. Quando estou precisando “de […]

“SEM EIRA NEM BEIRA” ?

Significa pessoas sem bens, sem posses. Eira é um terreno de terra batida ou cimento onde grãos ficam ao ar livre para secar. Beira é a beirada da eira. Quando uma eira não tem beira, o vento leva os grãos e o proprietário fica sem nada. Na região nordeste este ditado tem o mesmo significado […]

DESMISTIFICAR E DESMITIFICAR

Por Thaís Nicoleti Novo livro de Leandro Narloch e Duda Teixeira desconstrói mitos da América Latina e combate visão ‘esquerdista’ sobre os fatos A dupla tenta desmistificar os principais heróis da esquerda latino-americana, como o revolucionário mexicano Pancho Villa, o presidente socialista chileno Salvador Allende e o guerrilheiro argentino Che Guevara. Desmistificar e desmitificar: as palavras são formalmente parecidas, […]

DICAS DE PORTUGUÊS

Sérgio Nogueira Hoje veremos mais algumas curiosidades de concordância verbal e do difícil uso do acento da crase. Bom proveito. Vamos concordar 1. “ALUGA-SE ou ALUGAM-SE apartamentos?” O certo é “ALUGAM-SE apartamentos”. A presença da partícula apassivadora “SE” faz a frase ser passiva, ou seja, o sujeito é quem sofre a ação do verbo(= apartamentos), e não quem […]

Por Thaís Nicoleti Romário acusa traição de Teixeira e diz não se ver mais como político O verbo “acusar”, de acordo com a construção sintática em que aparece, pode mudar de significado. Como termo jurídico, é transitivo direto e seu complemento é um termo que indica “pessoa” (acusar alguém). Nessa acepção, admite ainda o segundo complemento (indireto, introduzido pela […]

Sabemos que os ditados populares sempre foram passados de forma oral no decorrer dos anos. E talvez por conta disso, aconteceu com eles a mesma coisa que acontece na brincadeira do telefone sem fio: uma palavra quase nunca chega ao último receptor da forma que foi inicialmente enviada. Veja estas dicas interessante do Prof. Pasquale […]

Planos ou projetos para o futuro. Você conhece alguém que faz planos para o passado? Só se for o Michael Fox no filme “De volta para o Futuro”. 02 – Criar novos empregos. Alguém consegue criar algo velho? 03 – Habitat natural. Todo habitat é natural; consulte um dicionário. 04 – Prefeitura Municipal. No Brasil […]

O sucesso do Consultório da semana passada, em que três dúvidas recorrentes dos leitores foram recapituladas, me estimulou a prolongar a série. As questões abaixo também não parecem dispostas a ir embora, por mais que se escreva sobre elas. Manter x manterem “Saudações. Gostaria de saber a forma mais correta de escrever a frase abaixo, […]

MISTÉRIOS

Dad Squarisi Há mais mistérios entre o céu e a Terra do que imagina nossa vã filosofia”, disse Shakespeare. Ele devia estar pensando na concordância do é bom, é proibido, é feio, é necessário, é preciso & cia. A danada tem manhas. O adjetivo pode ficar invariável ou flexionar-se. Depende do recado. O imutável tem vez […]

FLUIDO ou FLUÍDO?

Sérgio Nogueira “Minha dúvida é em relação à pronúncia da palavra FLUIDO, uma vez que não tem acento. Como se pronuncia corretamente? Com a sílaba tônica no “u” ou no “i”?” 1º) A palavra FLUIDO (= sem acento) é um substantivo. Devemos pronunciá-la com a sílaba tônica no “u”: “Nesta casa, eu sinto bons FLUIDOS.” […]

O USO DO PRONOME CUJO

Sérgio Nogueira Muita gente quer saber onde está o dito “cujo”. Caro leitor, não se assuste nem fique imaginando “coisas”. A verdade é que recebi dezenas de mensagens querendo “notícias” do pronome relativo CUJO. Tenho um colega que costuma dizer que o pronome CUJO é um ser “semimorto”. Segundo ele, só existe na língua escrita. Todos entendem o […]

« Artigos Anteriores  Próxima Página »

Calendário

abril 2017
S T Q Q S S D
« mar    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Santana Advocacia.'

Santana Advocacia   read more>>

Cereja Produções.'

Cereja Produções   read more>>

Avianca.'

Avianca   read more>>

Últimos Posts

    Últimos Comentários

      Mais Comentados