‘DILEMAS DE DILMA’

Por Carlos Alberto Sardenberg

Publicado no Globo

Os líderes chineses têm uma habilidade especial para adotar políticas pró-mercado com uma retórica de esquerda para agradar esse lado do Partido. Vire à direita, dê sinal à esquerda — tal é o ensinamento.

Pois parece que a presidente Dilma está com o mesmo dilema, invertido: como seguir pela esquerda, mas dando sinal à direita?

A campanha foi claramente pela esquerda. Atacou as elites e os ricos, incluídos os empresários que só pensam no lucro, e especialmente os banqueiros, acusados de tirar comida da mesa dos pobres. Demonizou o mercado financeiro.

» Clique para continuar lendo

 

A presidente reeleita, Dilma Rousseff (E), saúda simpatizantes, ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Brasília

A presidente reeleita, Dilma Rousseff (E), saúda simpatizantes, ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Brasília

Lula deve ter uma presença mais forte no segundo mandato de Dilma para pressioná-la a fazer as reformas econômicas necessárias que permitam retomada de crescimento e atração de investimentos. Essa é a opinião comum aos participantes de uma entrevista coletiva do lançamento do escritório brasileiro da unidade de consultoria da revista britânica The Economist.

Apesar da retórica agressiva de Lula contra o sistema bancário e o mercado internacional, o chefe da sucursal de São Paulo da Economist, Jan Piotrowski, vê o ex-presidente como um interlocutor muito mais amistoso para os investimentos externos do que Dilma. “Lula é muito pragmático e não se deixa levar por discursos ideológicos. Uma participação maior dele significaria uma maior flexibilidade do governo para as reformas necessárias”, afirmou.

Na opinião de Piotrowski, Lula tende a não se candidatar em 2018 caso a economia esteja irremediavelmente comprometida – leia-se com um crescimento baixo, inflação persistente e escasso investimento externo. “Politicamente, interessa a ele que o Brasil volte a ser um mercado atraente e aqueça a economia”, disse. Segundo o jornalista, um eventual novo mandato dele em 2018, com a economia comprometida, seria muito mais desconfortável.

Na apresentação do relatório de previsões para a economia brasileira, a diretora regional da Economist Intelligence Unit, Irene Mia, traçou um quadro que prevê um crescimento insuficiente para a geração de empregos necessária até 2018, juntamente com a insistência da inflação na casa dos 6% anuais. Segundo ela, o cenário, combinado com dificuldades políticas causadas pela diminuição da bancada governista e um ambiente internacional com os investidores mais cautelosos pode deixar o Brasil numa situação complicada no médio prazo.

Confira na íntegra

AS ELEIÇÕES COMPRADAS

As eleições compradas

Por João Bosco Leal 

(Jornalista e empresário)

Atualmente, o maior problema do Brasil é a corrupção. Não que ela não existisse, mas nos governos do PT ela se institucionalizou. Diariamente assistimos a divulgação de uma avalanche de denúncias de roubalheiras, superfaturamentos e verdadeiros assaltos aos cofres públicos, promovidos pela quadrilha que hoje governa o país, que instalou “companheiros”em todas as maiores empresas estatais.

No governo anterior, do mesmo PT, ocorreu a filmagem de uma entrega de dinheiro da corrupção nos Correios e, puxado o fio da meada, deu no chamado Mensalão do PT, provado, comprovado, com alguns de seus participantes julgados e condenados, mas, como de costume, de existência até hoje negada pelos líderes maiores do que hoje bem mais se parece com uma enorme quadrilha, do que com um partido político. Que inicialmente se dizia protetor da classe operária.

Gente que participou do PT desde sua fundação, agora foi condenada e presa, mas mesmo assim foram tidos como heróis pela grande maioria dos outros membros do partido que, além de não expulsá-los de seus quadros, ainda arrecadaram dinheiro para pagar as quantias a que foram condenados a indenizar o Estado.

O país sofre em todas as frentes, como na falta de estrutura rodoviária, ferroviária e fluvial para o escoamento da produção, na falta de escolas e professores, de hospitais e pronto-socorros, além de tantas outras carências sistematicamente reclamadas e divulgadas por todo o país.

Entretanto, ao invés de corrigirmos as nossas deficiências, os governos do PT preferem construir refinarias de petróleo superfaturadas por solicitação do “companheiro” Hugo Chávez, portos, aeroportos e hotéis em Cuba, a pedido dos “companheiros” Castro, entregar as refinarias de petróleo da Petrobrás na Bolívia para o “companheiro” Evo Morales e assim por diante.

Tudo isso por um projeto de poder traçado por todos eles em 1990, no Foro de São Paulo, que pretende socializar toda a América Latina. O mesmo projeto, claro, pretende perpetualizar no poder os seus líderes, como já fazem os irmãos Castro em Cuba , Evo Morales, que acaba de ser reeleito na Bolívia pela terceira vez consecutiva, pretendia fazer Hugo Chávez na Venezuela, e é o sonho de Lula e do PT.

No Brasil, para se atingir essa perpetualização os governos do PT estão está criando, entre os mais necessitados, gerações de viciados em esmolas do Estado, como o programa “Bolsa Família”, sem dar-lhes o menor estímulo de evoluir em direção ao mercado de trabalho.

Há mais de cinquenta anos Luiz Gonzaga, o grande cantor e compositor, afirmou: ”Seu doutô, o nordestino tem muita gratidão pela ajuda dos sulistas nessa sêca do sertão, mas doutô, uma esmola a um homem são ou lhe mata de vergonha ou vicia o cidadão”.

Ronald Reagan disse: “Devemos medir o sucesso dos programas sociais pelo número de pessoas que deixa de recebê-lo e não pelo número de pessoas que neles são adicionadas”; e também: “O melhor programa social é um emprego”.

Para o PT, pelo contrário, o mais importante é aumentar cada vez mais os dependentes do Estado, pois isso facilita sua permanência no poder. Se não contasse com os beneficiários do Bolsa Família, das ONG’S e dos Movimentos Sociais, Dilma já teria perdido as eleições no primeiro turno.

A população precisa entender que votar em troca de algo é vender, além de seu voto, sua dignidade, seus sonhos, projetos e perspectivas de futuro.

Usina Hidrelétrica de Jupiá em Três Lagoas-MS

Usina Hidrelétrica de Jupiá em Três Lagoas-MS 

As perspectivas ruins para a temporada de chuvas continuam preocupantes e acendem o alerta para a possibilidade de racionamento. Com a expectativa de chuvas abaixo da média, reservatórios das hidrelétricas em menor nível desde o final de 2000 e já com todas as térmicas ligadas, o risco de racionamento em 2015 é real. No cenário mais pessimista, que considera as mesmas precipitações deste ano – 80% da MLT (média de longo termo, que avalia as chuvas desde 1932) – a probabilidade de os brasileiros terem de represar seu consumo de energia é de 40%, segundo cálculo da Thymos Energia. No cenário mais otimista, em que as chuvas voltem à normalidade (100% da MLT) no ano que vem, pode ser que não seja decretado oficialmente o racionamento, mas a situação do setor continuará crítica. “A única variável que esperamos é chover no verão que está entrando. É preciso chover um dilúvio do tipo Arca de Noé para respirarmos aliviados”, diz João Carlos Mello, diretor-presidente da Thymos Energia. Ele lembra, porém, que somente após o período úmido, que termina no início de maio, é possível saber se será preciso decretar um racionamento de energia ou não.

A previsão dos climatologistas é de chuvas ligeiramente abaixo da média, impactando os preços. “Mesmo que chova um montante semelhante à média histórica, ainda não será motivo para respirarmos aliviados, pois a situação dos reservatórios está tão ruim que ao longo de 2015 as térmicas continuarão ligadas quase que em sua totalidade para recompor os níveis de tais reservatórios, independente do volume de chuvas durante o período úmido”, explicou o gerente de regulação da Safira Energia, Fábio Cuberos.

Confira na íntegra

A seca no norte de Minas Gerais mata animais e atrai urubus da região (Foto: Valdiran Veloso/G1)

A seca no norte de Minas Gerais mata animais e atrai urubus da região 

A cena desoladora no município de Glaucilândia representa mais ou menos o que é qualquer crise: muitos sofrem e alguns conseguem tirar vantagem da situação. Na cidade no norte de Minas Gerais, a seca está deixando um rastro de animais em decomposição e favorecendo a cadeia alimentar de outros. “Eles morrem de fome e sede e os urubus não estão dando conta de comer tanto animal nessa região”, lamenta o produtor Manoel Vieira, de 75 anos, todos vividos na roça.

De janeiro a setembro deste ano choveu apenas 104 milímetros – a última gota caiu em abril. Para efeito de comparação, foram registrados 1.197 milímetros de chuva ao longo do ano passado – e essa quantidade não foi suficiente para repor o nível dos rios no município. Rios importantes como o Rio das Pedras e Verde Grande, afluente do São Francisco, estão secando por causa da estiagem prolongada. Segundo ambientalistas do Instituto Vidas Áridas, a região vive o quarto ano de uma estiagem prolongada que é considerada a pior dos últimos 50 anos.

O local que Manoel Vieira tinha destinado ao pasto agora não passa de terra batida, que não brota nem uma muda de capim. O sonho de se tornar grande criador de gado virou luta para não deixar morrer os oito animais restantes na propriedade.

“Nunca vi algo igual. O tempo já foi muito bom, mas agora é esperar ajuda de Deus. Não há mais pasto, é tudo terra. Já tentei vender, mas ninguém aqui quer comprar, porque é quase certo que vão morrer de sede”, afirma.

Confira reportagem completa

“As Sereias de Zona Sul”, comédia de Miguel Falabella, um dos maiores sucessos do teatro Brasileiro, com atores globais, Sidney Sampaio e Felipe Cunha, faz curtíssima temporada em SR. DO BONFIM e JUAZEIRO-BA. A montagem vem recheada de talentos. A direção é da premiada atriz e diretora francesa Jacqueline Laurence.

As “Sereias da Zona Sul” estreou em 1988, no Rio de Janeiro, com Miguel Falabella e Guilherme Karan. O espetáculo é considerado, o mais bem sucedido do gênero teatral “Besteirol” e é um dos poucos trabalhos do estilo que consegue uma grande aceitação tanto por parte da crítica quanto pelo público.

Desde que foi encenada pela primeira vez, “As Sereias da Zona Sul” passou por várias mudanças, mas sempre manteve duas características muito fortes: o tom cômico e o elenco de primeira.

Serviço:

SENHOR DO BONFIM – 31 de outubro (sexta) às 20h, no Colégio Modelo;

JUAZEIRO – 01 e 02 de novembro (sáb / dom) às 20h, no Centro de Cultura João Gilberto.

Mais Informações: (74) 9198.2750 / (74) 8838.1528

Realização: Cereja Produções

Produção Nacional: Focu Produções

A Petrobras está numa encalacrada, e a questão, agora, deixou de ser local. Não dá mais para fingir que se investigam isso e aquilo. Já não basta mais à presidente da empresa, Graça Foster, ir ao Congresso e responder perguntas a que teve acesso previamente, transformando o que deveria ser esclarecimento em pantomima. A seriedade da coisa subiu de patamar. O busílis é o seguinte: a PricewaterhouseCoopers, auditoria responsável por avaliar os balanços da estatal, resolveu pressionar a direção da empresa a aprofundar as investigações das roubalheiras na estatal, segundo critérios das leis anticorrupção dos EUA. Ou a gigante brasileira fazia isso, ou a Price deixaria de analisar seus balanços.

E que consequências isso teria? A auditoria informaria ao conselho da Petrobras a sua decisão; se, ainda assim, nada fosse feito, a Price informaria à SEC (órgão que regula o mercado de capitais nos EUA) o rompimento do contrato. Seria um golpe gigantesco na credibilidade da estatal no mercado internacional, isso num momento delicado, em que a empresa depende vitalmente de financiamento externo. Sem a análise do balanço, a Petrobras estaria fora do mercado.

Confira na íntegra

Aécio aclamado ao ser eleito presidente do PSDB, em       (Foto: Gazeta do Povo)

O ex-candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, ainda não viajou para descansar da campanha eleitoral.

Na próxima terça-feira, dia 4, retoma seu mandato no Senado da República (que se estende até fevereiro de 2019).

No dia seguinte, quarta-feira, 5, como presidente do PSDB, presidirá reunião da Executiva Nacional do partido com todos os governadores, senadores e deputados federais tucanos eleitos, assumindo, na prática, o papel de líder inequívoco da oposição, após obter 51 milhões de votos na disputa pelo Planalto.

“Começa a nova e firme oposição”, avisa uma das pessoas mais próximas do senador. (Veja/Coluna Ricardo Setti)

Jaguar Land Rover produzirá utilitário esportivo Discovery Sport no Brasil

Jaguar Land Rover produzirá utilitário esportivo Discovery Sport no Brasil (Ricardo Matsukawa/VEJA.com)

O segmento de carros de luxo cresce, mesmo diante do cenário de desaceleração econômica brasileiro, que afeta diretamente o setor automotivo. A linha premium, que atualmente responde por apenas 2% das vendas de automóveis e comerciais leves no país, deve ampliar sua participação de mercado para entre 3% e 5% em 2020. A avaliação é do presidente da Jaguar Land Rover do Brasil, Terry Hill.

“Em dez anos é possível que essa participação chegue a 10%, igualando-se a de países maduros”. Para o diretor global da Jaguar Land Rover, Phil Popham, o mercado brasileiro como um todo tem grande potencial e deverá passar de 3 milhões de unidades vendidas em 2014 para 5 milhões de unidades vendidas em 2020. “O segmento premium, que cresceu significativamente nos últimos anos, continuará crescendo”, acrescentou.

A Jaguar Land Rover anunciou nesta quarta-feira, no Salão Internacional do Automóvel, que produzirá o utilitário esportivo Discovery Sport no Brasil. Será o primeiro veículo a sair da fábrica que a montadora está construindo em Itatiaia (RJ), com previsão de inauguração em 2016.

A fábrica de 750 milhões de reais terá capacidade para 24 mil veículos ao ano. Mas a companhia ainda estuda quais serão os próximos produtos a serem produzidos localmente. Um modelo Jaguar não está descartado, informou Hill. O Discovery Sport será lançado mundialmente no próximo ano e chegará ao país no primeiro semestre inicialmente importado do Reino Unido. De acordo com o executivo, o modelo de 180 mil reais será vendido pelo preço da versão nacional.

O presidente da BMW do Brasil, Arturo Piñero, prevê vendas de 49 mil a 50 mil veículos de luxo no país este ano, alta de quase 10% ante as 45 mil unidades de 2013. A estimativa inclui marcas de super luxo, como Ferrari e Porsche. A montadora inaugurou este mês sua fábrica em Araquari (SC), na qual está sendo produzindo o sedã Série 3. O utilitário-esportivo X1 entrará na linha de montagem em breve.

A Audi inaugurará sua fábrica em São José dos Pinhais (PR) no próximo ano. O grupo anunciou que o A3 sedã, o primeiro veículo fabricado no país, terá motor flex fabricado pela Volkswagen em Taubaté (SP). No início de 2016 será a vez da Mercedes-Benz abrir sua fábrica em Iracemápolis (SP). (Veja/Com Estadão Conteúdo)

Leia mais: 
-Salão do Automóvel: a invasão dos utilitários esportivos
-Salão do Automóvel: conheça os esportivos que vão brilhar

 

Presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves

Presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (Pedro França/Agência Senado/VEJA)

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), ingressou na tarde desta quinta-feira com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) na qual pede que parlamentares e ministros sejam julgados pelo plenário, e não pelas Turmas de ministros, conforme mudança feita no regimento da corte em junho. No plenário, o julgamento é feito por onze ministros, enquanto nas turmas, por cinco.

A alteração permitiu que o deputado Prótogenes Queiroz (PCdoB-SP) fosse condenado pela 2ª Turma do STF, no último dia 21 de outubro, por violação de sigilo funcional quando era delegado – de acordo com a corte, Queiroz cometeu crime ao divulgar à imprensa informações sobre a Operação Satiagraha. Na cúpula da Câmara há o entendimento de que se a ação direta de inconstitucionalidade for acatada, a condenação do parlamentar pode ser suspensa, já que o acórdão ainda não foi publicado.

Na ação, o presidente da Câmara alega que o novo dispositivo fere o princípio da isonomia porque “promove a distinção entre detentores de mandatos do mesmo corpo legislativo” – enquanto parlamentares são direcionados às turmas, os presidentes da Câmara e do Senado permanecem sendo julgados em plenário, assim como o presidente e vice-presidente da República, os ministros do STF e o procurador-geral da República.

Alves também argumentou que a alteração violou o princípio da razoabilidade e que é sem razão o entendimento de que, em nome da agilização dos julgamentos, “seja possível promover a desigualação entre membros da Câmara dos Deputados”, ao tempo em que a Constituição dispensa o mesmo tratamento aos membros do Congresso Nacional. “Não seria razoável admitir que, à guisa de imprimir maior dinamismo aos trabalhos de um poder, se possa prejudicar as atividades de outro poder, ensejando desarmonia interna e constrangimento perante o eleitorado”, afirmou na ação.

A mudança no STF foi feita sob o argumento de dar celeridade aos julgamentos. Também foram transferidos para as Turmas os mandados de segurança questionando atos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). (Veja)

(Foto: Divulgação)

A partir deste sábado (1º), todos os garrafões de 20 livros de água mineral terão que ser vendidos ao consumidor com um lacre da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz). Caso a secretaria flagre algum garrafão irregular, a multa é de R$ 90. A medida, segundo a Sefaz, é para garantir a procedência da água e para combater concorrência desleal e a sonegação de impostos no setor.

A obrigatoriedade do selo estava em vigor desde o início de outubro para as empresas envasadoras, que já foram alvo de operações especiais de fiscalização ao longo do mês. A Sefaz realizará em novembro operações especiais para fiscalizar o cumprimento da obrigação.

Consumidores que quiserem podem conferir a autenticidade do selo acessando o ícone “SELO FISCAL – AUTENTICIDADE” www.sefaz.ba.gov.br e digitar o número de série do produto, informado em cada selo.

Caso encontre alguma irregularidade, o cidadão pode denunciar através do 0800 0710071 ou do 71 3118-1555 (ligações de celular da Região Metropolitana de Salvador). Existe ainda a opção de fazer a denúncia via WhatsApp, pelo 9990-0071, que fica disponível 24 horas, ou pelo próprio site da Sefaz-Ba. (Correio da Bahia)

(Foto: Robson Mendes)

Entra em vigor neste sábado, 01, o aperto mais significativo da legislação brasileira de trânsito desde a adoção da lei seca, em 2008. Quem for flagrado disputando racha terá de pagar R$ 1.915,40. Se as disputas deixarem mortos ou feridos, a punição poderá chegar a 10 anos de prisão. Já para ultrapassagem em local proibido ou pelo acostamento, o valor passa a ser de R$ 957,70; e, em caso de reincidência, os valores serão dobrados.

Das 11 alterações feitas pelo Congresso e sancionadas pela presidente Dilma Rousseff neste ano, seis se referem à mudança no valor das multas – quatro delas envolvendo ultrapassagens perigosas pelo acostamento, entre veículos, invadindo outro sentido ou pela direita. Essas infrações respondem por 11% (359.431) das mais de 3 milhões de multas aplicadas em 2013 pela Polícia Rodoviária Federal em todo o País.

Para se ter ideia, a cada hora 41 pessoas são flagradas em uma dessas situações nas rodovias federais do País, conforme a Polícia Rodoviária. Somente em São Paulo, houve 91.825 notificações do gênero em estradas estaduais, entre janeiro e setembro deste ano. Tudo indica que o número está em crescimento: foram 97.961 no ano passado – 11 por hora. “A ultrapassagem em local proibido é responsável em grande parte pelos acidentes frontais mais graves que resultam em vítimas”, disse o tenente André Matielo, do Comando de Policiamento Rodoviário da Polícia Militar de São Paulo.

Dados do Mapa da Violência de 2014 apontam que mais de 46 mil pessoas morreram em decorrência de acidentes nas estradas do Brasil, registrados em 2012. O número é 38,3% maior do que há dez anos. O oficial da PM concorda com a tendência de a penalidade financeira ser ampliada. “O que mais pesa para o condutor é o bolso, sem dúvida nenhuma.” Para o coordenador do Núcleo de Estudos em Segurança no Trânsito da USP, Coca Ferraz, os valores das multas precisavam ser atualizados, e a medida terá efeito na quantidade de acidentes registrados. “Com esse tipo de multa, certamente vamos inibir a infração, que leva aos acidentes graves.”

Racha
Houve alteração ainda nas multas para quem se envolver em racha ou promover disputas, passando de R$ 547,62 e R$ 957,70, respectivamente, para de R$ 1.915,40. O valor ainda dobra em caso de reincidências.

Em caso de lesão corporal grave durante essa infração, passa-se a prever reclusão de 3 a 6 anos; em caso de morte, a punição mínima será de 5 anos e a máxima, de 10 anos. Ferraz, da USP, relatou ter estudado a relação entre multas e a quantidade de mortes em acidentes. Para ele, quanto maior a fiscalização, menor o número de vítimas. “Existe relação direta”, disse.

Lei seca
Há ainda na nova legislação um complemento à lei seca. A jurisprudência nos tribunais já permitia a condenação de quem fosse flagrado dirigindo sob efeito de álcool com pena de 6 meses a 3 anos. Mas a forma de comprovação passa a incluir agora, textualmente, exames toxicológicos. Anteriormente, a lei já havia sido alterada para permitir o uso de testemunhos e vídeos. (Correio da Bahia)

 
Por Lilian Machado

Fundado em 1985 ainda como PFL, o Partido Democratas (DEM), que registrou quedas nas últimas eleições, busca alguns lampejos para andar por novos caminhos a partir de 2015.

O recado de mudanças, dado pelo prefeito ACM Neto, uma das principais lideranças da sigla ecoou nos quatro cantos e aumentam as especulações sobre qual o destino a seguir. O democrata, inclusive, falou em fusão no dia da eleição (26), mas frisou ainda não saber com qual sigla seria feita esse processo.

Com alinhamentos mais próximos ao PSDB, a uma ala do PMDB e ligação com alguns nanicos que mudam de aliança, conforme a conjuntura, o DEM vai avaliar o rumo a tomar a partir de novembro.

Na Bahia, lideranças do partido acreditam que ocorrerão reformas, mas não arriscam quais. A perspectiva é que aconteçam conforme a onda de alterações no sistema político, a ser discutido pelo Congresso Nacional.

O presidente nacional do DEM, José Agripino Maia, confirma que haverá uma conversa. “Vamos discutir todas as propostas, sem nenhum açodamento”, disse à revista Veja.

A perspectiva de avaliação é certa já que a sigla saiu menor do processo eleitoral, diminuindo de 28 para 22 deputados.

A legenda também ficou sem eleger governadores pela primeira vez. Em 2010 haviam sido dois, sendo que um deles, Raimundo Colombo (SC), migrou para o PSD durante o mandato e conquistou a reeleição pela nova sigla.

Confira na íntegra

O senador eleito da Bahia pelo PSD, Otto Alencar, afirmou nesta manhã, durante entrevista à rádio Metrópole, que sempre acreditou na vitória da chapa governista. “Eu sempre acreditei. Nossa campanha foi de nove meses e isso foi crescendo, além de termos uma afinidade interna. Foi uma campanha em paz. Fomos determinados a vencer e vencemos muito bem”, disse, ressaltando a união da chapa durante a campanha.

O atual vice-governador afirmou ainda que subestimaram Jaques Wagner. “Wagner fez um governo altamente positivo. O acervo de obras de Wagner no interior é muito grande. Subestimaram ele”, disparou. O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), é, segundo Otto, um homem corajoso e determinado, mesmo saindo “enfraquecido das eleições”. “Ele tem coragem, é preparado, tem determinação e não vai desistir”, disse. Ainda em relação a Neto e as recentes polêmicas envolvendo o novo governador Rui Costa (PT), Otto foi direto.”Rui e Neto vão se entender pelo bem de Salvador, não se olha para trás”, afirmou. (Tribuna da Bahia)

Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) isolou hoje (30) três recém-nascidos que estavam internados na UTI neonatal do Hospital Materno Infantil de Brasília. A medida foi tomada depois da descoberta de que os bebês estavam com a bactéria KPC, conhecida como superbactéria. Os bebês não desenvolveram infecções e passam bem.

Segundo a secretaria de Saúde, a descoberta foi feita em uma vistoria de rotina, antes que a bactéria se propagasse. Os bebês estão isolados para segurança dos demais pacientes e monitorados o tempo todo. De acordo com a assessoria de imprensa da secretaria, a UTI não foi interditada.

A superbactéria é resistente à maior parte dos tratamentos disponíveis. Segundo o Ministério da Saúde, o primeiro registro de KPC no Brasil foi em 2005. A transmissão ocorre por meio do contato direto, como tocar a pessoa contaminada, ou indireto, por meio do uso de um objeto comum. (Correio da Bahia)

O doleiro Alberto Youssef: segundo ele, Lula e Dilma sabiam de tudo

O doleiro Alberto Youssef: segundo ele, Lula e Dilma sabiam de tudo (Folhapress/VEJA)

O jornal O Globo corrigiu nesta quinta-feira uma nota que criou dúvidas indevidas sobre o depoimento que Alberto Youssef prestou à Polícia Federal e ao Ministério Público em 21 de outubro, em seu processo de delação premiada.

O diário havia afirmado que no dia 22 de outubro, uma quarta-feira, um dos advogados do doleiro pediu para que ele fosse ouvido novamente para retificar suas declarações anteriores. Nessa ocasião, instado pelo defensor, Youssef teria feito a afirmação de que a presidente Dilma Rousseff e seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, sabiam do bilionário esquema de corrupção na Petrobras. Nesta quinta-feira, depois de ouvir o advogado Antonio Figueiredo Basto, O Globo se retratou. “Não existiu depoimento (de Youssef) na quarta, não existiu retificação, e os advogados não se manifestam”, afirmou Basto ao jornal.

reportagem de capa de VEJA desta semana revelou o diálogo travado entre Youssef e os investigadores no dia 21. Perguntado sobre o nível de comprometimento de autoridades no esquema de corrupção, o doleiro foi taxativo: “O Planalto sabia de tudo!”. “Mas quem no Planalto?”, perguntou o delegado. “Lula e Dilma”, respondeu o doleiro. A informação foi corroborada no dia seguinte por reportagens dos jornais Folha de S.Paulo e O Estado de S.Paulo, que ouviram fontes próprias.

A divulgação da nota de O Globo na quarta-feira, postulando a existência do que nunca existiu – o “depoimento de retificação” –, ganhou repercussão na coluna do jornalista Janio de Freitas, da Folha de S.Paulo, e alimentou uma rede de boatos na internet, criando confusão e incerteza em torno das circunstâncias em que Youssef implicou Dilma e Lula no petrolão. A confusão foi desfeita agora. (Veja)

Deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), durante entrevista em Brasília

Deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), durante entrevista em Brasília (Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr/VEJA)

Quatro dias depois das eleições, o PSDB ingressou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quinta-feira com um pedido de auditoria sobre o resultado das eleições presidenciais. O partido, derrotado pela presidente Dilma Rousseff por uma diferença de três pontos, quer que a corte crie uma comissão especial formada por representantes indicados pelos partidos políticos para avaliar a fiscalização dos sistemas utilizados no pleito.

Na ação, o coordenador Jurídico Nacional do PSDB, o deputado federal Carlos Sampaio, ressaltou que, passadas as eleições, surgiram uma série de denúncias e desconfianças por parte da população. “Nas redes sociais, os cidadãos brasileiros vêm expressando, de forma clara e objetiva, a descrença quanto à confiabilidade da apuração dos votos e a infalibilidade da urna eletrônica, baseando-se em denúncias das mais variadas ordens, que se multiplicaram após o encerramento do processo de votação, colocando em dúvida desde o processo de votação até a totalização do resultado”, diz.

Tendo em vista “dissipar quaisquer dúvidas”, Sampaio pede uma auditoria nos sistemas de votação com base em diversos documentos, como as cópias de boletins de urnas de todas as sessões eleitorais do país e dos logs originais e completos das urnas, além de todas as ordens de serviços e registros técnicos sobre atualização e manutenção do sistema e acesso aos programas e todos os arquivos presentes nas urnas eletrônicas. O TSE ainda não se manifestou sobre o pedido.  (Veja)

 

Vacina contra poliomielite 

O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira que pretende vacinar 12,7 milhões de crianças contra a paralisia infantil neste ano. A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e a Paralisia Infantil será realizada entre 8 e 28 de novembro e quer atingir 95% do público-alvo, formado por crianças de 6 meses a 5 anos.

A vacina contra a poliomielite — responsável pela paralisia infantil — é uma dose de reforço anual e será ofertada na forma oral. Serão 17,8 milhões de doses distribuídas em todo o Brasil. Apenas as crianças que estão com a cartela de vacinação atrasada tomarão a dose injetável. As primeiras doses devem ser tomadas aos dois meses de idade.

As criançasentre 1 ano e 5 anos receberão também a vacina contra o sarampo, a tríplice viral, que protege ainda contra caxumba e rubéola. A estimativa é que 10,9 milhões de crianças recebam as 12,5 milhões de doses distribuídas — no Estado do Ceará e em alguns municípios de Pernambuco, a vacinação foi antecipada para interromper a transmissão do vírus devido ao registro de casos da doença neste ano e em 2013, de acordo com o Ministério.

As vacinas estarão disponível em cerca de 100 000 postos de saúde e, a partir da próxima semana, entram no ar os anúncios da campanha.

Leia na íntegra

Veja em quais dias cairão feriados e programe-se (Foto: Arquivo Correio)

Se em 2014 a maioria dos feriados caíram nos fins de semana, fato que frustrou os planos de muita gente, em 2015 a coisa vai ser diferente. Apenas dois dos 16 feriados gerais que estão programados para o ano que vem irão cair no domingo.

O primeiro feriado do ano, o 1º de janeiro, da Confraternização Universal, acontece em uma quinta-feira, já no final da semana útil, o que para alguns pode ser transformado em um feriado prolongado. O mesmo acontece com o Corpus Christi, no dia 4 de junho; com a Independência da Bahia, no dia 2 de julho; com o Natal, que acontece no dia 25 de dezembro, uma sexta-feira; além da já tradicional sexta-feira da paixão, no dia 3 de abril; no dia do Trabalho, em 1º de maio, também na sexta e nos dias 7 de setembro, Independência do Brasil; 12 de outubro, feriado de Nossa Senhora Aparecida e 2 de novembro, feriado de Finados. Estes três últimos acontecem numa segunda-feira; confira a lista abaixo.

01 de janeiro de 2015: Confraternização Universal (quinta-feira);

17 de fevereiro de 2015: Carnaval (terça-feira);

18 de fevereiro de 2015: Quarta-feira de cinzas (quarta-feira);

3 de abril de 2015: Sexta-feira da Paixão (sexta-feira);

5 de abril de 2015: Páscoa (Domingo);

21 de abril de 2015: Tiradentes (terça-feira);

01 de maio de 2015: Dia do Trabalho (sexta-feira);

4 de junho de 2015: Corpus Christi (quinta-feira);

24 de junho de 2015: São João (quarta-feira);

2 de julho de 2015: Independência da Bahia (quinta-feira);

7 de setembro de 2015: Independência do Brasil (segunda-feira);

12 de outubro de 2015: Nossa Senhora Aparecida (segunda-feira);

2 de novembro de 2015: Finados (segunda-feira);

15 de novembro de 2015: Proclamação da República (domingo);

8 de dezembro de 2015: Nossa Senhora Conceição da Praia (terça-feira);

25 de dezembro de 2015: Natal (sexta-feira) (Correio da Bahia)

A Câmara dos Deputados ingressou nesta quinta-feira (30) com uma ação direta de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal pedindo que o julgamento de deputados seja feito pelo plenário e não pelas turmas do STF

Na ação, o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), defende que o foro competente para julgar deputados é o plenário, composto por 11 ministros, e não as turmas, que funcionam com cinco magistrados (o presidente do STF não participa). Na prática, um quórum menor pode aumentar a chance de uma condenação.

A ação questiona a legitimidade de uma mudança feita em maio no regimento do Supremo que transferiu o julgamento de ações penais contra parlamentares para as turmas sob pretexto de agilizar a análise dos processos. A justificativa para a alteração no regimento foi a de priorizar no plenário o julgamento de matérias constitucionais ou com repercussão geral (que afetam automaticamente ações semelhantes em tramitação no país).

No último dia 21, por um placar de três a zero, o deputado federal Protógenes Queiroz (PCdoB-SP) teve recurso negado pela Segunda Turma em um processo que o condenou pelo vazamento de informações sigilosas, em 2008, da Operação Satiagraha, que investigou desvio de verbas públicas e crimes financeiros. Na época, Protógenes era delegado da Polícia Federal. Na eleição deste ano, ele não conseguiu se reeleger deputado.

 

O dólar fechou em baixa nesta quinta-feira (30) após o Banco Central surpreender e elevar a Selic em 0,25 ponto percentual, a 11,25% ao ano, citando maiores riscos à inflação.

A moeda norte-americana caiu 2,45%, a R$ 2,4079, na terceira baixa seguida.  Veja a cotação . Foi a maior queda desde setembro de 2013, quando, no dia 18, o dólar recuou 2,89%.

Segundo a agência Reuters, a moeda chegou a ser cotada a R$ 2,3932 nas mínimas da sessão. Na semana, o dólar acumula baixa de 2% e no mês, de 1,64%. No ano, há valorização de 2,14%.

Já a Bovespa fechou em alta de 2,52% nesta quinta, a 52.336 pontos.

Para os investidores, a alta da taxa Selic alimenta expectativas de fluxo positivo ao Brasil e de que a condução da política econômica pode tomar rumo mais favorável aos olhos do mercado. A política econômica do governo de Dilma Rousseff, reeleita no domingo (26), recebeu fortes críticas por causar inflação elevada e baixo crescimento, em meio a uma política fiscal pouco transparente.

“O aumento dos juros dá uma animada no mercado por causa da expectativa de fluxo, mas principalmente porque é um indício de que o governo está mais preocupado com a inflação”, afirmou à Reuters o gerente de câmbio da corretora Treviso, Reginaldo Galhardo.

A decisão do BC de aumentar os juros pegou o mercado no contrapé, em meio a amplas expectativas de que a Selic só voltaria a subir no ano que vem, num cenário de inflação elevada e atividade fraca.

O mercado aguardará mais pistas sobre como será a política fiscal nos próximos quatro anos para confirmar suas apostas sobre a política econômica. Também continuará no radar a nomeação do próximo ministro da Fazenda.

A expectativa de maior entrada de recursos estrangeiros no Brasil também ajudava na baixa no dólaro, com maior potencial de investimentos externos vindo para o Brasil em busca de mais rendimentos com a Selic maior.

Pelo terceiro dia seguido, o movimento do câmbio era turbinado também por fatores técnicos, com muitos investidores desfazendo apostas na alta do dólar que haviam sido montadas antes do segundo turno das eleições. Muitos analistas afirmam que a vitória de Dilma já havia sido precificada.

Leia na íntegra

Jeferson transplantou 2500 cm de pele na região dorsal, devido à lesão causada por queimadura elétrica
(Foto: Divulgação/Complexo Hupes)

Recebeu alta nesta quinta-feira (30) o paciente que realizou o primeiro transplante de pele da Bahia. A demora da liberação de Jeferson Borges,de 12 anos, segundo o Hospital das Clínicas, lugar onde foi realizado o procedimento, foi devido à falta de higiene e segurança da antiga moradia de alto risco para infecção.

Após doações, a família, que é natural de Candeias, conseguiu um casa em Salvador com a estrutura adequada para dar continuidade ao tratamento no hospital. De acordo com Dr. Valber Menezes, cirurgião plástico responsável pelo procedimento, é necessário que Jeferson mantenha o acompanhamento no Hospital duas vezes por semana para a realização de curativo.

Jeferson foi acompanhado durante os quase quatro meses no Hospital por uma equipe multidisciplinar formada por médicos pediatras, infectologistas e cirurgiões plásticos, psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas, fisioterapeutas, entre outros. De acordo com a assessoria de comunicação do Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos (Complexo HUPES), mais conhecido por Hospital das Clínicas, o quadro clínico de Jeferson se encontra estável.

Este foi o primeiro transplante de pele realizado na Bahia e ocorreu no dia 25 de agosto. Jeferson transplantou 2500 cm de pele na região dorsal, devido à lesão causada por queimadura elétrica, que comprometeu um membro superior. A criança estava internada no Hospital Geral do Estado (HGE) há 11 meses e foi encaminhada ao Hospital das Clínicas por solicitação da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB).

O enxerto de pele foi possível por meio de uma parceria  da SESAB com o banco de pele de Porto Alegre.  Além de Dr. Valber, cirurgião responsável pelo procedimento, houve também participação da equipe de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas e do Dr. Carlos Brilha, cirurgião do HGE que trouxe um equipamento com capacidade de aumentar a extensão dessa pele.

O transplante é indicado para casos de queimaduras muito graves, ou lesões em que os pacientes não têm pele do próprio organismo para ser enxertada. Segundo Dr. Valber, o procedimento é igual a uma enxerto comum. “Pega-se a pele, lava-se, e a coloca em cima da área descoberta”, explica Menezes.

O médico também falou da possibilidade de perda da pele, quando não sofre adesão ao organismo receptor, que pode ocorrer por diversas razões, dentre elas por conta da pele ser velha, por contaminação ou por ter levado um tempo demorado de enxerto. Segundo o Dr. Valber, o paciente estava em ótimas condições para receber a nova pele. (Correio da Bahia)

 

O juros do cheque especial foram na contramão da taxa média dos juros bancários, que caíram em setembro. Segundo números divulgados nesta quinta-feira (30) pelo Banco Central, a taxa média dos bancos cobrada no cheque especial atingiu 183,3% ao ano no mês passado. É do maior valor desde abril de 1999, quando estava em 193,6% ao ano, ou seja, em mais de 15 anos.

No acumulado deste ano, os juros cobrados pelos bancos no cheque especial, uma linha de crédito de emergência, pois possui uma das taxas mais elevadas de todas operações (junto com o cartão de crédito, quando o cliente não paga toda a fatura), avançaram 35,4 pontos percentuais, visto que estavam em 147,9% ao ano no fim de 2013. Esse crescimento foi o maior de todas as operações das pessos físicas e, inclusive, de empresas, disponibilizadas pelo BC.

Economistas avaliam que o consumidor deve tentar evitar ao máximo o uso do cheque especial, por conta das altas taxas cobradas pelas instituições financeiras. Para eles, esta é uma linha de crédito para momentos de necessidade e deve ser utilizada por um período reduzido de tempo.

Os dados do BC mostram que, assim como as taxas de juros cobradas pelos bancos, o uso do cheque especial também aumentou neste ano. Segundo informações da autoridade monetária, as concessões de crédito desta modalidade alcançou R$ 28,95 bilhões em setembro, o que representa crescimento de 5,9% no mês e de 6% no acumulado dos nove primeiros meses deste ano.

O crescimento do uso do cheque especial está bem acima da utilização do crédito pessoal, que avançou 4,6% em setembro, mas que recuou 0,1% na parcial deste ano. As concessões do crédito com desconto na folha de pagamentos, por sua vez, subiu 3% em setembro e 1,3% na parcial dos nove primeiros meses de 2014. O uso da linha do cartão de crédito rotativo (modalidade de crédito que também têm juros abusivos), porém, avançou mais do que o cheque especial – subindo 18,2% no acumulado deste ano.

Os números do Banco Central também mostram uma subida da inadimplência das operações com cheque especial pessoa física, que atingiram 10,3% em setembro. Este é o maior patamar da série histórica do Banco Central, que tem início em março de 2011. (G1/Alexandro Martello)

Evandro era vizinho das vítimas, mas nunca havia tido nenhum contato com elas

Evandro Santos de Jesus, o “Pudim”, de 25 anos, foi preso na quarta-feira, 29, por ter abusado sexualmente de uma mulher e da filha de 12 anos, em janeiro de 2013. Evandro era vizinho das vítimas. As informações sobre o caso foram divulgadas nesta quinta-feira, 31.

Segundo a Polícia Civil, o estupro aconteceu no bairro de Castelo Branco, na residência das vítimas. Armado com uma faca do tipo peixeira, Evandro fez ameaças de morte e agrediu mãe e filha com tapas. As duas tiveram vários ferimentos e não conseguiram se defender do abuso sexual.

O mandado de prisão foi cumprido na rua Soldado Antônio de Souza, onde Evandro mora. Segundo a titular da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central), delegada Clelba Regina Teles, ele já tem passagem pela polícia por um assalto cometido contra um taxista em 2005, também em Castelo Branco. O acusado será encaminhado ao Complexo Penitenciário da Mata Escura. (A Tarde)

 

Criminosos chegaram com reféns e atirando para o alto (Foto: Reprodução)

Doze homens assaltaram a agência do Banco do Brasil de Uauá, a 440 quilômetros de Salvador, na manhã desta quinta-feira (30). Um segurança do banco e dois clientes ficaram feridos no ataque.

Segundo informações do sargento da Polícia Militar, parte da quadrilha roubou um carro, modelo Fiat Strada, e sequestrou os três ocupantes em um povoado próximo à cidade. A outra parte do grupo chegou em outro veículo à agência, disparando tiros para o alto e empunhando armas de groso calibre.

“Houve muitos disparos. Parte do grupo ficou do lado de fora, enquanto outros dois invadiram a agência atirando”, disse ao Correio 24 horas o sargento Carlos Alberto. Os assaltantes atiraram contra o segurança, que foi atingido na perna. Outros dois clientes também ficaram feridos: um alvejado no braço e outro atingido no olho por estilhaços de vidro.

“Houve muitos disparos. Parte do grupo ficou do lado de fora, enquanto outros dois invadiram a agência atirando”, disse ao Correio24horas o sargento Carlos Alberto. Os assaltantes atiraram contra o segurança, que foi atingido na perna. Outros dois clientes também ficaram feridos: um alvejado no braço e outro atingido no olho por estilhaços de vidro.

De acordo com funcionários do banco, os assaltantes chegaram até o cofre, que estava aberto por conta de uma movimentação financeira. Os criminosos fugiram levando cerca de R$ 10 mil. Eles levaram três funcionários como reféns, entre eles o segurança ferido.

Os reféns foram abandonados em uma estrada de terra a 5 quilômetros de Uauá. Os criminosos fugiram em seguida. Os feridos foram atendidos em hospitais de Uauá. Equipes de policiais civis e militares do município e de cidades vizinhas fazem buscas à quadrilha. Até o meio dia desta quinta (30), ninguém foi preso.

Segundo o Sindicato dos Bancários da Bahia, com o caso de Uauá, o número de ataques a bancos na Bahia alcançou 193, mesma quantidade registrada em todo o ano de 2013. (Correio da Bahia)

SENADO APROVA CONVITE PARA OUVIR GRAÇA FOSTER

A presidente da Petrobras Graça Foster

Comissão do Senado convida presidente da Petrobras, Graça Foster, a dar esclarecimentos sobre compra de gás da Bolívia (Evaristo/AFP/VEJA)

A Comissão de Relações Exteriores do Senado aprovou nesta quinta-feira um convite para que a presidente da Petrobras, Graça Foster, preste esclarecimentos ao colegiado sobre o contrato que a estatal firmou para pagar 434 milhões de dólares pela compra de gás excedente produzido pela Bolívia. O Tribunal de Contas da União investiga o caso.

O requerimento é de autoria do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), e foi aprovado de forma simbólica, sem rejeições. A comissão aprovou ainda outro requerimento, também apresentado por Ferraço, que convida o ministro da Agricultura, Neri Geller, a comparecer à comissão para falar sobre a importação de café para ser processado no Brasil. O senador tem se queixado da Nestlè, que pretende utilizar café importado na unidade que pretende construir no Espírito Santo e que fabricará cápsulas utilizadas em máquinas de preparo instantâneo. O parlamentar afirma que a medida prejudicará os produtores capixabas.

Os convites para Graça Foster e Neri Geller ocorrem um dia depois de os deputados aprovarem convocação para que o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, fale à Comissão de Agricultura da Câmara sobre a compra de 51% da Central Energética de Goiás (Celg) pela Eletrobras. Neri Geller também foi convocado e deve dar explicações sobre o controle da febre aftosa.

Nesta semana, os deputados haviam derrotado o governo ao derrubar o decreto bolivariano do governo Dilma Rousseff que cria os conselhos populares na administração. (Veja)

 

Mulher é estuprada após ter carro roubado no estacionamento do Salvador Norte Shopping 

Uma mulher foi violentada sexualmente após ter tido o carro roubado no estacionamento do Salvador Norte Shopping, no bairro São Cristóvão, em Salvador. Segundo a Polícia Civil, o caso aconteceu na terça-feira (28), mas o caso não foi divulgado até esta quinta-feira (30).

A vítima foi abordada por dois homens, que a obrigaram a entrar no seu veículo, um Renault Sandero branco, e deixaram o local com a mulher. Posteriormente, a mulher foi estuprada pela dupla e liberada após o crime.

Ainda de acordo com a polícia, os envolvidos no crime já foram identificados através da análise das imagens das câmeras de segurança do shopping.  A mulher foi ouvida pela polícia, mas ainda não prestou depoimento.

Ela foi orientada a realizar um exame de corpo delito, e recebeu um coquetel anti-HIV – precaução tomada pela Justiça com vítimas de estupro. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pela polícia.

O Correio24horas procurou a assessoria de comunicação do Salvador Norte Shopping, que informou apenas que está dando todo o apoio à polícia no esclarecimento do crime.  (Correio da Bahia)

 

ACM NETO PODE MIGRAR PARA O PMDB

‘Levante, sacode a poeira e dá a volta por cima’: ACM Neto pode migrar para o PMDB
(Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias)
Estrela do DEM, o prefeito de Salvador, ACM Neto, cogita, de acordo com fontes do Bahia Notícias que circulam em Brasília, uma virtual migração para o PMDB. O objetivo seria manter uma característica intrínseca do DNA herdado do ex-senador Antônio Carlos Magalhães: ficar próximo ao governo federal. As conversas, que aconteceriam com o PMDB na esfera federal, não necessariamente passam pela anuência do atual dirigente peemedebista da Bahia, Geddel Vieira Lima, candidato derrotado na corrida pelo Senado no último dia 5.Um pé do democrata foi plantado no PMDB ano passado: um dos braços direitos de ACM Neto, Bruno Reis, foi candidato pelo partido a deputado estadual. Até o último domingo (26), ACM Neto apostou as fichas na vitória de Aécio Neves (PSDB) na tentativa de chegar ao Palácio do Planalto.Com a confirmação da reeleição de Dilma Rousseff (PT), o prefeito da capital baiana tenta se reaproximar do governo federal, movimento que chegou a ser ensaiado em 2013 e descartado após o acirramento da campanha eleitoral.O próprio ACM Neto deu indícios de descontentamento com os rumos do DEM. Antes da eleição, o prefeito sugeriu que o partido poderia se fundir com outro para criar uma estrutura mais forte na Câmara Federal. O presidente nacional do DEM, Agripino Maia, desconversou, mas o chefe do Executivo soteropolitano não recuou sobre a afirmação. ACM Neto, além de conseguir a almejada proximidade com o governo federal, levaria também um número considerável de apoiadores, que ampliariam – mesmo que temporariamente – a base de Dilma. O PMDB, com apoio de eventuais emigrantes do DEM, conseguiria então um número de deputados maior que o PT e não precisaria de maiores desgastes para controlar a Câmara. (Bahia Notícias)

SAIBA COMO PREVENIR O CÂNCER DE PRÓSTATA

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer que mais afeta os homens, e o mais frequente nos que já passaram dos 50 anos. A própria idade avançada está entre os fatores de risco, assim como o histórico familiar da doença, fatores hormonais e ambientais, além de maus hábitos alimentares, sedentarismo e excesso de peso. Diante disso, preparamos este post para deixar você por dentro do assunto. Vamos conferir?

O Câncer de Próstata

Este tipo de câncer cresce lentamente, não apresentando sintomas em suas primeiras fases. Problemas para urinar, sensação de que a bexiga não se esvazia completamente e sangue na urina são indícios que indicam um estágio avançado da doença. Dor óssea, principalmente nas costas, indica a presença de metástases, um avanço da doença para uma fase ainda mais grave.

Sintomas

Os sintomas do câncer de próstata aparecem, na maioria dos casos, quando o tumor já cresceu e está em estado avançado. Os sintomas mais comuns são:

– Dificuldade/dor para urinar ou ejacular.

– Dor na região dos testículos.

– Sensação de bexiga sempre cheia, mesmo tendo urinado. Urinar várias vezes à noite e em pequenas quantidades (pingado).

– Sangue na urina ou no sêmen.

– Dor nos quadris, na lombar e parte interna das coxas.

Prevenção

Os estudos na área da prevenção do câncer de próstata divergem em diversos pontos, entretanto, para redução dos fatores de risco, a medicina recomenda a adoção de práticas saudáveis de um modo geral. Alguns exemplos são:

Tenha uma Dieta Balanceada

Há evidências de que a adoção de uma dieta com baixa quantidade de gorduras e repleta de frutas e vegetais pode reduzir o risco de se desenvolver o câncer de próstata. A diminuição de alimentos ricos em gordura ajuda no controle do peso e traz uma melhora geral na qualidade de vida, inclusive diminuindo o risco de doenças cardíacas. Vegetais possuem vitaminas e nutrientes que também podem reduzir a ameaça de desenvolvimento do câncer de próstata.

Exercite-se com frequência

A prática de exercícios físicos está ligada aos hábitos saudáveis de um modo geral, mas estudos indicam que ela também contribui para a redução do risco de desenvolvimento do câncer de próstata. Caso ainda não possua uma rotina de exercícios, consulte seu médico para saber como iniciá-los. Caminhar mais e escolher as escadas ao invés do elevador são boas maneiras de se exercitar no dia-a-dia.

Mantenha o controle sobre seu peso

A obesidade está relacionada ao aumento do risco de diversos cânceres, incluindo o de próstata. Se você possui sobrepeso, trabalhe para diminuí-lo. Caso tiver muitas dificuldades, não hesite em procurar ajuda médica.

Alguns hábitos diários simples podem contribuir, e muito, para a redução da ameaça do câncer de próstata. Ainda assim, mesmo seguindo essas dicas, e praticando outros hábitos saudáveis, os exames rotineiros para homens acima de 50 anos são indispensáveis. Portanto, não deixe de visitar seu médico periodicamente.

Novidades para diagnóstico precoce

Além de estudos para novos tratamentos da doença, pesquisadores investem em novas abordagens para facilitar e dar maior precisão para os exames que detectam o câncer de próstata.

Uma das pesquisas visa a aprimorar o exame de PSA – utilizado juntamente com o exame de toque retal no diagnóstico do câncer – por meio da medição do PSA livre ou apenas do PSA complexo, o que acarretará em resultados ainda mais precisos.Outros exames que também estão em processo de comprovação são o exame de urina – que permite detectar a existência de câncer através da análise dela – e um exame que detecta a alteração anormal no gene TMPRSS2, que também pode indicar a existência de células cancerígenas. (Grupo de Andrologia)

 

Companhias áreas passarão por avaliação antes de receberem autorização para liberar eletrônicos em voo

As companhias aéreas agora podem pedir autorização para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e liberar o uso de equipamentos eletrônicos, incluindo celulares, tablets e câmeras fotográficas, durante todo o voo.

De acordo com Instrução Suplementar nº 91.21-001, para conseguir a liberação, as empresas devem cumprir requisitos exigidos em normativos da Anac, que assegurem que a utilização de eletrônicos a bordo não causará interferências nos sistemas de comunicação e navegação das aeronaves.

Contudo, não será permitido o uso de equipamentos que possuam antenas transmissoras ou com modo de transmissão ativado.

Atualmente, o uso de eletrônicos a bordo possui limitações, como a proibição do uso de celular durante todo o voo. Com as novas normas, os passageiros poderão ligar e acessar a internet quando o avião estiver em terra e usar os dispositivos em ‘modo avião’ no ar. (Veja)

 

Cereja Produções apresenta o Espetáculo “Feliz Por Nada” com Cristiana Oliveira, Ingra Liberato e Wladimir Winter, dias 15 e 16 de novembro às 20h, no Centro de Cultura João Gilberto em Juazeiro-Ba. Imperdível!

Aos 50 anos, Cristiana Oliveira chamou a atenção pela beleza e boa forma durante cerimônia do Prêmio Profissionais do Ano, realizada na noite dessa quarta-feira (29), em São Paulo. “Não sou paranoica, sempre deixo a saúde em primeiro lugar, o resto é consequência. Já criei um hábito de 35 anos de dieta, loucuras, e hoje sei exatamente o que me engorda ou não. Cheguei num equilíbrio e acho que para 50 anos estou bem. Mas adoro cerveja, vinho, churrasco”, afirmou.

Deixando muita menina de 20 no chinelo, admitiu que o assédio masculino, principalmente dos mais jovens, aumentou muito. “Hoje tenho mais corpo, antes era muito magrinha”, explicou. “Acho engraçado o assédio, faz bem para o ego. Já tive outra cabeça, já me relacionei com gente muito mais jovem, mas não tenho mais 30 anos, tenho 50, então tem que ser alguém mais tranquilo, que seja mais companheiro.”

E parece que já tem alguém em vista. “Eu estou conhecendo uma pessoa muito especial, só o que eu posso dizer, mas não estou namorando ainda.” (IG)

Leia mais:

O Outubro Rosa ainda não finalizou as ações em prol da prevenção do câncer de mama, mas parte dos profissionais  de saúde já se prepara para as atividades do Novembro Azul.

A campanha – também conhecida na Bahia como Novembro Roxo  - visa conscientizar a população masculina sobre a importância da prevenção e detecção precoce do câncer de próstata.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), a doença deve atingir 68.800 homens neste ano no país, o equivalente a descoberta de um caso a cada sete minutos, aproximadamente.

Só no Nordeste, são estimados 12.930 novos pacientes. Em Salvador, apenas o Hospital Aristides Maltez   diagnosticou 739 novos casos  entre janeiro e junho de 2014. Um aumento de 24,8% se comparado a igual período de 2013 (592 ocorrências).

O Inca aponta que, com o aumento da expectativa de vida mundial, é esperado que o número de ocorrências aumente cerca de 60% até 2015.

O urologista Sheldon Perrone de Menezes salienta que o fator de risco bem estabelecido para o desenvolvimento da patologia é a idade, além de histórico familiar e etnia (negros são mais propensos).
Para ele, o preconceito que existe com exame de toque e a cultura de homem não ir ao médico dificultam os avanços para a prevenção da doença.

“É importante que os homens saibam que o  toque dura cerca de dez segundos e é indolor. Esse câncer é perigoso e pode matar cerca de 14 mil brasileiros este ano. Por isso, os exames de rotina se tornam fundamentais, haja vista que 17% dos homens nascem com chances de ter câncer de próstata”, detalha.

Confira na íntegra

 

Flagrante duplo na BR-110, perto de São Sebastião do Passé

A partir do próximo sábado, 1º, quem for flagrado fazendo ultrapassagem proibida no trânsito terá de pagar multa de até R$ 1.915,40. O valor cobrado pode atingir R$ 3.830,80 em caso de reincidência na infração.

De janeiro ao último dia 22, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), 25,7 mil motoristas foram notificados por este tipo de infração nas estradas federais da Bahia. O número representa cerca de 20% do total de notificações feitas pela PRF.

Os novos valores das multas fazem parte das 11 alterações em artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) regulamentadas pela Lei 12.971/2014, sancionada em maio pela presidente Dilma Rousseff, e que entra em vigor no sábado.

De acordo com a PRF, as ultrapassagens irregulares causam a maioria dos acidentes e mortes em rodovias. Este ano, até o último dia 22, morreram por conta disso 59 pessoas nas estradas federais da Bahia. A lei é de autoria do deputado federal Beto Albuquerque (PSB-RS), que foi candidato à vice-presidência na chapa da ex-senadora Marina Silva (PSB-Rede).

Com as alterações,  algumas penalidades previstas no CTB tiveram o valor da multa aumentado em dez vezes. A penalidade para quem fizer ultrapassagem forçada (entre dois veículos que trafegam em sentidos opostos) foi multiplicada em dez vezes: passa de  R$ 191,54 para R$ 1.915,40. Em caso de reincidência, será de R$ 3.830,80.

Com as alterações na legislação,  quem realizar ultrapassagem em locais indevidos, como faixas contínuas ou pelo  acostamento,  pode desembolsar R$ 957,70. Em caso de reincidência dentro 12 meses, o valor dobra: R$ 1.915,40.

A lei também torna mais rigorosa a punição para quem comete o crime de racha (ou pega). Como na lei seca, a multa será R$ 1.915,40 (antes da lei, o valor era R$ 574,62).

Leia na íntegra

Anderson: dono de cerimonial (Foto: Reprodução)

O homem que se tornou especialista em pôr fim aos sonhos das pessoas, finalmente vive o pesadelo de estar preso. O empresário Roque Anderson Andrade de Souza, 35 anos, acusado de dar calotes em dezenas de noivas de Salvador, foi finalmente encontrado pela polícia um ano e nove meses depois de o CORREIO denunciar seus golpes.

Detido pela polícia de Natal, no Rio Grande do Norte, o dono da Anderson Andrade Cerimonial responde a diversos processos por desrespeitar contratos, adulterar datas de cheques, debitar quantias indevidamente e dar calotes até em doceiras e garçons.

O estelionatário simplesmente desaparecia com o dinheiro de vários de seus clientes e fornecedores antes da realização dos eventos.

Anderson Andrade estava foragido da Justiça desde o início de 2013, quando foi expedido um mandado de prisão pela 5ª Vara Criminal de Salvador.

Na semana passada, segundo o titular da Delegacia de Furtos e Roubos (Defur) de Natal, Herlanio Cruz, Anderson teve um problema de saúde e foi parar no Hospital Walfredo Gurgel, unidade pública da capital potiguar.

Uma denúncia anônima chegou aos policiais da Defur, que confirmaram a existência do mandado.

Anderson recebeu voz de prisão dentro do hospital. O delegado ainda desconhece o motivo da internação do empresário, mas noivas que foram vítimas dos golpes receberam a informação de que ele sofreu um acidente de moto.

“Tivemos a informação quatro dias antes, mas respeitamos o período eleitoral. Ficamos monitorando ele até ontem (segunda) e o prendemos”, contou o delegado.

Anderson deve ser transferido para Salvador assim que tiver alta. Enquanto isso, engana até os funcionários do hospital. “Todos adoram ele lá. Distribui chocolate para as enfermeiras e ganha todo mundo na conversa. Coisa de estelionatário”, disse o delegado.

As noivas ludibriadas por Anderson comemoraram a prisão. Mas não acreditam que possam reaver as quantias. “Já perdi a esperança de ter esse dinheiro de volta”, lamentou a enfermeira Ticiana Almeida, 30, que conseguiu se casar em dezembro de 2012 mesmo com um prejuízo de R$ 6,8 mil.

Há relatos de golpes de até R$ 18 mil, como o do último casamento que seria realizado pelo cerimonial de Anderson. “Chegamos a avisar a noiva, mas ela não acreditou. Casou com o prejuízo, mas à base de remédios”, disse a bancária Taiana Burgos, que se casou depois de levar um golpe de R$ 3,7 mil e ganhar uma causa de R$ 12 mil contra o empresário.

“Mas acho que nunca vou ver esse dinheiro”. Donas do imóvel onde funcionava o escritório do cerimonial, na Pituba, tiveram prejuízos de R$ 10 mil, com aluguéis, condomínio e IPTUs. (Correio da Bahia)

 

Dilma reeleita: corrida ministerial movimenta Brasília

Dilma reeleita: corrida ministerial movimenta Brasília 

Os que tinham a esperança de que Dilma escolhesse um nome de mercado para o Ministério da Fazenda terão de encarar os fatos: a presidente ficará mesmo com seu rebanho na hora de compor a equipe econômica. Nada de banqueiros. Tampouco vão embarcar economistas de linhagem diferente da desenvolvimentista. Até o momento, o mais cotado é Nelson Barbosa, ex-secretário-executivo do Ministério da Fazenda. Meses atrás, quando questionado pelo site de VEJA sobre o interesse, Barbosa negou. Contudo, nos bastidores, sabe-se que o economista se tornou figura frequente no bairro do Ipiranga, onde Lula mantém seu QG, em busca de apoio para a postulação. Dilma havia se mostrado reticente. Agora, encara o economista como uma saída mais sensata. “Ele seria uma boa escolha por ter bom trânsito no governo, no Congresso e entre os empresários”, afirma um cacique petista.

No mercado financeiro, o nome de Barbosa não é malquisto como o de seu ex-chefe, Guido Mantega. “Não concordo com o que ele pensa. Mas o respeito como economista. Já o Mantega…”, diz um gestor de fundos. Em Brasília, o sentimento é de que a presidente não morre de amores por ele, mas precisa de um ministro com características conciliadoras e que aceite, sem maiores crises, que o chefe da pasta será mesmo ela. Barbosa, por sua vez, não teria de trabalhar com seu desafeto Arno Augustin, que deixa a Secretaria do Tesouro Nacional ao final deste governo.

Leia na íntegra

6º BPM realiza condução à delegacia por lesão corporal

Na madrugada desta quinta feira (30), às 0h30, na Avenida Contorno, em Senhor do Bonfim,policiais da 2a Companhia do 6º Batalhão de Polícia Militar conduziram à delegacia de Polícia Civil Wagner Dias da Silva, 35 anos, por lesão corporal, ao agredir um homem de 30 anos com uma garrafa de cerveja, causando-lhe um corte na cabeça. A vítima foi socorrida para o hospital.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, participou de audiência na CCJ do Senado (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, participou de audiência na CCJ do Senado

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou nesta quarta-feira (29) que a decisão da Justiça da Itália de negar pedido de extradição do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado a 12 anos e 7 meses de prisão no julgamento do mensalão, representa uma “derrota” para o judiciário brasileiro.

A decisão de não extraditar Pizzolato foi tomada nesta terça pela Corte de Apelação de Bolonha. O governo brasileiro pedia que ele fosse extraditado para cumprir a pena de 12 anos e 7 meses de prisão no Brasil. O ex-diretor do BB foi condenado no julgamento do mensalão pelos crimes de corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro. Pizzolato, que tem cidadania italiana, havia fugido do Brasil no fim do ano passado. Ele foi preso em fevereiro pela polícia da Itália, na cidade de Maranello.

Para Janot, o que pesou na negativa do pedido de extradição foi a má condição dos presídios brasileiros.

“O perfil do sistema carcerário brasileiro não é um bom perfil. E ontem tivemos uma derrota judicial no pedido de extradição do senhor Pizzolato, na Itália, exatamente por este fato”, afirmou o procurador durante audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Leia na íntegra

Alzheimer: Quanto mais tarde o homem apresenta distúrbios do sono, maior o risco de demência, segundo novo estudo (Thinkstock/VEJA)

Pesquisadores da Suécia, após acompanhar um grupo de homens por quatro décadas, descobriram uma relação entre distúrbios do sono e risco elevado de demência. Segundo os especialistas, por exemplo, a chance de ter Alzheimer ao envelhecer foi 51% maior entre aqueles que se queixam de insônia e outros problemas para dormir. As conclusões fazem parte de uma pesquisa divulgada nesta semana periódico Alzheimer’s & Dementia.

“É importante ressaltar que existem vários fatores, como o exercício físico, que podem influenciar a saúde do cérebro. Assim, concluímos que bons hábitos de sono são também essenciais para manter em dia a saúde do órgão conforme envelhecemos”, explica Christian Benedict, um dos autores do estudo e pesquisador da Universidade Uppsala, na Suécia.

Na pesquisa, a equipe acompanhou cerca de 1 000 homens de 50 anos de idade entre 1970 e 2010. Os autores cruzaram dados sobre relatos de distúrbios do sono e a incidência de demência entre os participantes.

De acordo com o estudo, os homens que relatavam ter problemas para dormir tiveram um risco 33% maior de desenvolver alguma demência em comparação com aqueles que não apresentavam distúrbios do sono. No caso específico do Alzheimer, essa chance foi 51% mais elevada. A pesquisa também concluiu que o risco de demência aumentou quando os problemas relacionados ao sono eram apresentados por homens acima dos 70 anos.

“Quanto mais tarde o distúrbio do sono é relatado, maior o risco de o homem desenvolver a doença de Alzheimer. Esses resultados sugerem que as estratégias destinadas à melhora da qualidade do sono no fim da vida podem ajudar a reduzir o risco da demência”, diz Benedict.

Outras pesquisas já constataram a importância de uma boa noite de sono para o cérebro. Por exemplo, um estudo recente da Universidade de Bonn, na Alemanha, concluiu que uma noite sem dormir causa sintomas de esquizofrenia. Além disso, um trabalho feito nos Estados Unidos e publicado em agosto mostrou que o risco de obesidade é 20% maior em jovens que dormem menos do que seis horas por noite.

Leia na íntegra/Tire dúvidas

Dilmécio (Foto: aa)

Se quiser realmente promover a retomada do crescimento e recuperar a confiança dos investidores e dos empresários aqui e lá fora, a presidente reeleita Dilma Rousseff terá de promover uma mudança radical na política econômica praticada em seu primeiro mandato. Dilma terá de se reinventar e ser menos Dilma, com sua gestão ideológica da economia, e mais Aécio, com suas propostas mais afinadas com o mercado, como uma maior transparência nas contas públicas, o combate implacável contra a inflação e o corte de impostos. A questão é: será que Dilma, com sua personalidade forte e seu ativismo, vai mesmo mudar a sua personalidade e as suas crenças, para permitir que o Brasil saia do limbo em que se encontra por causa da política econômica que ela implementou com mão de ferro até agora? É ver para crer. Só o teste São Tomé poderá nos dar a resposta definitiva.

De minha parte, mesmo correndo o risco de ser chamado de pessimista ou catastrofista, acredito que é pouco provável que isso aconteça. Sinceramente, espero estar errado. Mas, pelo que Dilma mostrou de si própria desde que ganhou os holofotes pelas mãos do ex-presidente Lula, é difícil imaginar que, com o mesmo o cozinheiro, o cardápio econômico será diferente a partir de agora. Se até no dia da vitória, ela passou pito nos petistas exaltados que celebravam o resultado do pleito, como os brasileiros acompanharam pela TV, por que devemos acreditar que ela irá mudar a sua essência daqui para frente?

Confira na íntegra

Medida segue para sanção presidencial  (Waldemir Barreto/Ag. Senado)

Uma das principais providências da Medida Provisória 651/2014, aprovada nesta quarta-feira (29) e encaminhada para sanção presidencial, foi a manutenção e a ampliação de dois sistemas criados pelo Plano Brasil Maior, ambos com prazo de vigência limitado: a desoneração da folha de pagamento e o Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para as Empresas Exportadoras (Reintegra). Desde a edição da medida esses sistemas passaram a funcionar sem prazo final de validade.

O Reintegra devolve ao exportador, por meio de crédito, parcela do PIS/Pasep e da Cofins que não foram retirados no transcurso do processo produtivo em território brasileiro. Assim, as exportações são desoneradas. O objetivo da proposta é corrigir distorções que interfiram no preço do produto a ser exportado (a proposta original autorizava o Executivo a conceder créditos entre 0,1% e 3% sobre a receita de exportação – esse percentual subiu para até 5% depois de intervenção dos parlamentares). O valor a ser reposto a cada cadeia produtiva será fixado pelo Executivo. Além disso, a empresa poderá optar por converter créditos em dinheiro ou descontá-los no pagamento de outros tributos. (Congresso em Foco)

Confira a íntegra 

Com um pedido de vista (mais tempo para analisar a matéria) da ministra Rosa Weber, o Supremo Tribunal Federal (STF) adiou nesta quarta-feira (29) o julgamento da desaposentação, que é a possibilidade de o segurado se aposentar e, futuramente, renunciar ao benefício para obter um valor maior. Essa é a quarta vez que o julgamento da matéria é adiado.

A análise do processo foi interrompida quando dois ministros, Dias Toffoli e Teori Zavascki, haviam votado contra a possibilidade de o segurado obter uma segunda aposentadoria, enquanto os ministros Luís Roberto Barroso e Marco Aurélio Mello votaram a favor. Falta o voto de outros seis ministros.

A desaposentação é utilizada por quem continuou a trabalhar depois de aposentado, mantendo contribuições à Previdência Social. Ao fazer as contas anos depois, a pessoa percebe que seu benefício teria sido superior consideradas as condições atuais. O beneficiário, então, pede à Justiça para renunciar à aposentadoria anterior e requerer uma nova, com base em cálculo atualizado da idade e tempo de contribuição.

A Previdência Social não admite a renúncia ao benefício, portanto, os segurados têm recorrido à Justiça para garantir a segunda aposentadoria. A desaposentação começou a ser discutida em 2010, mas o ministro Dias Toffoli pediu mais tempo para estudar o caso. O tema voltou a entrar na pauta do STF em agosto deste ano, mas o ministro Luís Roberto Barroso solicitou sua retirada para levar ao plenário, ao mesmo tempo, ações de que é relator e que tratam do mesmo assunto.

Com um pedido de vista (mais tempo para analisar a matéria) da ministra Rosa Weber, o Supremo Tribunal Federal (STF) adiou nesta quarta-feira (29) o julgamento da desaposentação, que é a possibilidade de o segurado se aposentar e, futuramente, renunciar ao benefício para obter um valor maior. Essa é a quarta vez que o julgamento da matéria é adiado.

A análise do processo foi interrompida quando dois ministros, Dias Toffoli e Teori Zavascki, haviam votado contra a possibilidade de o segurado obter uma segunda aposentadoria, enquanto os ministros Luís Roberto Barroso e Marco Aurélio Mello votaram a favor. Falta o voto de outros seis ministros.

Em post, ex-tenente ameaça presidente Dilma (Foto: Reprodução)

O Ministério da Defesa identificou um homem que aparece em uma foto que circula nas redes sociais desde domingo (26). Ele aparece fardado como tenente do Exército e ameaça a presidente reeleita Dilma Rousseff. Na legenda da imagem, na qual aparece segurando o que parece ser uma bala de fuzil, está escrito: “Dilma… Essa é pra vc… Eu estou pronto! Só esperando o toque da corneta!”.

O homem serviu ao Exército em 1998 em Belo Horizonte, na capital mineira, mas não pertence mais aos quadros da instituição, segundo o Ministério da Defesa informou ao G1. A página pessoal do ex-militar foi retirada do ar.

O ministério afirma ainda que o objeto que o homem segura é um chaveiro e que ele não se porta de maneira condizente com as regras das Forças Armadas, usando um uniforme desatualizado e com a barba por fazer. Como não se trata de crime militar, o caso não deve ser investigado. A Polícia Federal também não tem investigação aberta sobre o caso, já que não há crime se a munição não for de verdade.

Antes de ser apagada, a foto foi compartilha quase 130 vezes.

A Lei de Segurança Nacional diz que é crime caluniar, ofender a integridade corporal e atentar contra a liberdade pessoal do presidente da República. (Correio da Bahia)

Google anuncia mais uma iniciativa em saúde: uma cápsula que detecta alterações no organismo

Google anuncia mais uma iniciativa em saúde: uma cápsula que detecta alterações no organismo (Justin Lane/EFE/VEJA)

O Google anunciou que está trabalhando no desenvolvimento de uma cápsula que, uma vez ingerida, é capaz de detectar a presença de um câncer ou outras doenças, como as cardíacas. Segundo a empresa, a ideia é que a pílula libere, na corrente sanguínea do paciente, nanopartículas que identificam alterações bioquímicas no organismo e que, por meio de sensores, transmitem essas informações a um computador portátil.

Em comunicado, o Google afirmou que o diagnóstico precoce do câncer é fundamental para aumentar a taxa de sobreviventes entre pacientes com a doença e lamentou que, em alguns tumores, como o de pâncreas, esse tipo de detecção ainda não seja viável.

O novo projeto é conduzido pelo Google X, divisão da empresa dedicada a pesquisas em inovações. Recentemente, a companhia anunciou outras iniciativas em saúde, como lentes de contato que ajudam pessoas a tratar o diabetes e uma colher antitremor desenvolvida para pacientes com Parkinson.

Em uma conferência realizada nesta terça-feira na Califórnia, Andrew Conrad, chefe científico do Google X, explicou que as nanopartículas da cápsula devem conter um material magnético, além de anticorpos ou proteínas capazes de ligar-se a diferentes moléculas do organismo. Assim, um dispositivo portátil usado pelo paciente poderia, por meio de sensores, recolher as informações das nanopartículas, interpretá-las e descobrir se há alguma atividade anormal no corpo do indivíduo.

“Como o núcleo dessas partículas é magnético, você pode identificá-las em qualquer lugar do corpo. Essas pequenas partículas se espalhariam pelo organismo e, depois, nós as reuniríamos de volta em um lugar e perguntaríamos: ‘Então, o que você viu? Você encontrou um câncer? Você identificou algo que se parece com um quadro de ataque cardíaco? Você encontrou excesso de sódio?’”, disse Conrad.

De acordo com o Google, o projeto da cápsula para detectar o câncer está em fase inicial, e estima-se que as pesquisas serão concluídas em cinco a sete anos. (Veja)

Leia também:
-Google desenvolverá colher para pessoas com Parkinson
-Google desenvolve lentes de contato para diabéticos

-Estudos científicos vão testar aplicativo de saúde da Apple

(Com agência EFE)

Policiais do 6º BPM realizam prisão por violência doméstica

IMG-20141029-WA0013-1

Policiais da 3a Companhia do 6º Batalhão de Polícia Militar prenderam Itamar José dos Santos, 27 anos, por agredir sua companheira de 34, nesta quarta feira (29), às 13h50, no Distrito de Pilar, Município de Jaguarari.

O acusado foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Jaguarari, onde foi autuado em flagrante pela Lei Maria da Penha.

Imagens aproximadas mostram que o senador apertou os números 4 e 5, mesmo com adesivos da presidente Dilma

Um vídeo da TV Amapá que circula nas redes sociais mostra que o senador José Sarney (PMDB-AP), teria votado no candidato Aécio Neves (PSDB) no segundo turno da disputa presidencial mais disputada da história.

Imagens aproximadas mostram que o senador apertou os números 4 e 5, mesmo trajando um terno com adesivos da candidata do PT, Dilma Rousseff.

Confira na íntegra/Assista vídeo

A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, de elevar a taxa básica de juros da economia brasileira de 11% para 11,25% ao ano, surpreendeu a maioria dos economistas, que esperavam a manutenção da taxa. Foi a primeira elevação desde abril deste ano.

Os economistas ouvidos pelo G1 avaliam que o Copom pode ter tomado a decisão tendo em vista a perspectiva de que a inflação virá a sofrer novas pressões com o possível aumento do preço dos combustíveis – que vem sendo aventado pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega – e da alta de preços administrados nos próximos meses.

A maioria das entidades do setor produtivo e sindicais criticaram a decisão do BC. Segundo essas entidades, a elevação da taxa de juros pode contribuir para reduzir ainda mais a atividade da economia – que entrou em recessão técnica no segundo trimestre deste ano – e podem ameaçar a criação de empregos.

A voz dissonante veio da Fecomercio-SP, entidade que representa o setor de comércio paulista, que aprovou o aumento afirmando que mostra que “a autoridade econômica está preocupada com a inflação”.

A decisão acontece em um momento de fraca atividade econômica, embora a inflação em doze meses até setembro tenha somado 6,75% – acima do teto de 6,5% do sistema de metas brasileiro.

Leia na íntegra

Senador Renan Calheiros (PMDB-AL) durante votação no Senado. 1/2/2013 REUTERS/Ueslei Marcelino

Senador Renan Calheiros (PMDB-AL) durante votação no Senado. 1/2/2013 (REUTERS/Ueslei Marcelino)

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse nesta quarta-feira que o decreto da presidente Dilma Rousseff que estabelece que órgãos da administração pública teriam de levar em conta instâncias e mecanismos de participação social, como conselhos populares, será derrubado no Senado.

O decreto já foi rejeitado na Câmara, na primeira derrota imposta pelos parlamentares a Dilma depois de sua reeleição no domingo na mais apertada disputa presidencial desde a redemocratização. Caberá agora ao Senado analisar o tema.

“Já havia um quadro de insatisfação com relação a essa matéria. O decreto ser derrubado na Câmara não surpreendeu, da mesma forma que não surpreenderá se for, e será, derrubado no Senado”, disse Renan, segundo a Agência Senado.

O texto que derruba o decreto assinado por Dilma, de autoria do deputado Mendonça Filho (DEM-PE), teve o apoio na Câmara de partidos da base aliada da presidente, como PMDB e PP.

Críticos do decreto de Dilma afirmam que ele tira prerrogativas do Legislativo. A oposição na Câmara chegou a ameaçar obstruir as votações na Casa, se a proposta de derrubada do decreto não fosse votada.

Segundo a Agência Senado, Renan negou que a queda do decreto presidencial tenha a ver com as eleições de domingo, em que Dilma foi reeleita com uma margem estreita sobre o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

“Essa dificuldade já estava posta antes das eleições, apenas se repete. Essa questão da criação de conselhos é conflituosa, não prospera consensualmente no Parlamento e deverá cair”, disse o presidente do Senado.

Renan ainda não estabeleceu uma data para a votação da derrubada do decreto, mas o líder do PSDB no Senado, Aloysio Nunes (SP), candidato a vice na chapa de Aécio, disse que o requerimento para votar a matéria com urgência já está pronto, aguardando apenas a chegada do texto no Senado. (Yahoo/Reuters)

REELEITA, DILMA TIRA FÉRIAS EM PRAIA NA BAHIA

A presidente Dilma Roussef, na Praia da Viração, na Bahia durante suas férias de fim de ano

A presidente Dilma Roussef, na Praia da Viração, na Bahia durante suas férias de fim de ano (Ed Ferreira/Estadão Conteúdo/VEJA)

A presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) embarcou nesta quarta-feira de Brasília para a Base Naval de Aratu, na Bahia, onde pretende descansar até domingo depois da campanha eleitoral. Ela ficou quarenta dias distante de seu gabinete no Palácio do Planalto. A presidente passará as férias com a filha, Paula, e o neto, Gabriel, no litoral baiano, onde costuma frequentar a praia de Inema. Em entrevista à TV Bandeirantes nesta terça-feira, Dilma disse estar “muito cansada”. Segundo Dilma, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, lhe recomendou que descansasse por mais tempo no telefonema que fez para cumprimenta-la pela reeleição. “Ele achou muito pouco. Eu acho que lá eles têm o hábito de tirar um tempo maior”, comentou a presidente, justificando que “não tem como” seguir o conselho de Obama. “Talvez lá no Natal a gente pegue e emende um pouquinho o Natal com o fim do ano.” (Veja/Com Estadão Conteúdo)


O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central retomou o aperto monetário finalizado há 16 meses e elevou a taxa Selic a 11,25% ao ano. A decisão é válida até o próximo encontro, em 2 e 3 de dezembro, que também é o último do ano. Trata-se da maior taxa de juros desde outubro de 2011 e da primeira alta desde abril deste ano.

A decisão surpreende porque o mercado esperava uma sinalização de elevação da taxa de juros, e não a alta em si. Na última reunião, em setembro, o BC sinalizou a manutenção da Selic. Na ata, a autoridade monetária informara que, com a manutenção da Selic, a inflação tenderia a entrar em trajetória de convergência para a meta de 4,5% em 2016. Pesquisa da Reuters havia mostrado que todos os 43 analistas consultados esperavam a manutenção da Selic.

O BC iniciou a trajetória de subida em abril do ano passado, quando a taxa de juros passou de 7,25% (mínima histórica) para 7,5%. No governo de Dilma Rousseff, que assumiu a presidência com a Selic a 10,75%, a maior taxa, de 12,5%, foi vista em julho de 2011.

Segundo o comunicado divulgado pelo BC, a alta dos preços motivou a elevação. “Para o Comitê, desde sua última reunião, entre outros fatores, a intensificação dos ajustes de preços relativos na economia tornou o balanço de riscos para a inflação menos favorável. À vista disso, o Comitê considerou oportuno ajustar as condições monetárias de modo a garantir, a um custo menor, a prevalência de um cenário mais benigno para a inflação em 2015 e 2016″, informa o texto.

Leia na íntegra

« Artigos Anteriores  Próxima Página »

Últimos Posts

    Últimos Comentários

      Mais Comentados