‘EM VIÉS DE BAIXA’

(Foto reprodução/Google)

Por J.R. Guzzo

Publicado na edição impressa de VEJA

A presidente Dilma Rousseff está fechando o ano de 2014 numa situação curiosa: no momento em que se prepara para começar sua segunda e última temporada no Palácio do Planalto, está em viés de baixa, como se diz – um caso raro de governo que ficou mais fraco, depois de ganhar uma reeleição, do que estava antes da vitória. Esse início de segundo tempo, normalmente, marca o ponto mais alto a que um governo pode chegar. No caso de Dilma, não está sendo assim: a presidente entrou em declínio antes de chegar ao auge, e parece destinada a passar direto da decepção que foi seu primeiro mandato à desesperança que existe em relação ao segundo.

Ao longo dos seus primeiros quatro anos, o governo Dilma nunca chegou realmente a engrenar. Nesse período, o crescimento da economia, uma necessidade absolutamente crítica para o Brasil, ficou em média na casa dos 2% ao ano, o segundo pior resultado desde a proclamação da República, em 1889. Passou do saldo para o déficit nas exportações. A indústria, que alterna períodos de marcha lenta com períodos de marcha a ré, é menor hoje do que era quando Dilma assumiu a Presidênca. Não há praticamente nada que esteja melhor agora do que estava no começo de 2011. Em suma: o desempenho do governo começou a ratear antes de ganhar velocidade, e disso não saiu mais. Hoje o Brasil roda a uma velocidade entre 0% e 1% de crescimento – seu resultado de 2014 e provavelmente de 2015. (Blog/Augusto Nunes)

» Clique para continuar lendo

(Foto reprodução/Google)

Netinho, 48 anos, está internado desde agosto no Hospital Sírio Libanês em São Paulo, segundo revelou o jornal Extra neste sábado (20). O cantor faz tratamento para se recuperar das fortes tonturas que sente desde que sofreu três acidentes vasculares cerebrais (AVC) em 2013.

“Netinho ainda encontra-se fazendo o tratamento para sanar a tontura que é a única coisa que ainda sente após os AVCs do ano passado. Esse tratamento tem dado ótimos resultados e em breve voltaremos para casa”, informou Cristiane Freire, assessora à publicação.

Quando o cantor se internou, a assessoria do artista tranquilizou os fãs. ”Queridos fãs, Netinho está em São Paulo, onde, após realizar o check up anual, passará pelo tratamento “Manobra de Epley”, que consiste em procedimentos realizados por uma equipe de fonoaudiologia especialista em sistema vestibular. Este procedimento é para sanar a tontura que sente desde que sofreu AVC, no ano passado. Por este motivo, Netinho ficará as próximas semanas em São Paulo e em breve retomará as suas atividades. O cantor está sob os cuidados do prof Dr Roberto Kalil filho, prof Dr Milberto Scaff e Dr Rubens Brito. Esse esclarecimento é para evitar especulações e boatos e tranquilizá-los sobre a saúde de Netinho. Ele está muito bem. Via Galera Netinho”, escreveu um representante do cantor.

Confira na íntegra

ÔNIBUS SÃO INCENDIADOS EM SALVADOR

Ônibus da empresa Axé foi queimado em Pernambués

Dois ônibus foram incendiados e um depredado no final da tarde deste sábado, em Salvador. O primeiro caso foi registrado por volta das 16h, no bairro de Valéria, e o segundo, às 17h, no bairro de Pernambués.

Em Valéria, além do coletivo da empresa Praia Grande, um carro também foi completamente queimado. Um outro ônibus, da empresa Modelo, foi depredado e pichado com a palavra ‘Luto’.

De acordo com a 31ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), a ação criminosa aconteceu, por volta das 16h, em represália à morte de um suposto traficante de drogas da região, conhecido como “Mamano”,  morto na madrugada de sexta-feira, 19.

Segundo a Superintendência de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Stelecom), um grupo parou o coletivo e ordenou que os passageiros descessem antes de incendiar.

Apesar do medo instaurado em decorrência da ação criminosa, ninguém ficou ferido. Policias da 31ª CIPM e da Rondesp foram encaminhados ao local, mas ninguém foi preso.

Em Pernambués, um coletivo da empresa Axé, que fazia a linha Pernambués – Lapa  também ficou completamente destruído após ser queimado por um grupo de pessoas.

De acordo com moradores do local, que não quiseram se identificar, a ação se deu logo após o enterro de dois jovens que residiam no bairro, mortos na sexta.

A polícia não confirmou se o incêndio ocorrido em Valéria tem relação com o de Pernambués. (A Tarde)

BANCADA DO PMDB DARÁ ULTIMATO A RENAN


(Foto reprodução/Google)

A bancada do PMDB no Senado vai dar um ultimato ao presidente da Casa, senador Renan Calheiros (AL), que deseja disputar a reeleição em fevereiro. Há uma mobilização entre os peemedebistas para que ele desista de concorrer ao cargo. O motivo é a reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo” que revelou que o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa citou no acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal o nome de Renan entre os políticos supostamente beneficiados pelo esquema de corrupção na Petrobras.

Oficialmente, Renan nega sua candidatura à reeleição. Mas, nos bastidores, tem trabalhado intensamente para ficar no cargo. Em conversas reservadas com senadores peemedebistas, ele afirmou que não tem envolvimento com Paulo Roberto Costa e que não há nada contra ele no escândalo de corrupção na estatal.

Essas conversas funcionaram como uma tentativa de tranquilizar aliados que demonstraram insegurança com a situação de Renan. O temor de peemedebistas é que a reeleição do senador alagoano possa criar uma crise política no Senado com o aprofundamento das investigações da Operação Lava Jato. (G1/Blog do Camarotti)

Preso em março pela Operação Lava Jato, o ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa revelou no acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF) o nome de 28 políticos supostamente beneficiados pelo esquema de corrupção que atuava na Petrobras, segundo reportagem publicada na edição desta sexta-feira (19) do jornal “O Estado de S. Paulo”.

A publicação afirma que entre os mencionados por Costa estão o ministro de Minas e Energia,Edison Lobão; os ex-ministros Antonio Palocci (Fazenda e Casa Civil), Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Mário Negromonte (Cidades); o governador do Acre, Tião Viana (PT); os ex-governadoresSérgio Cabral (Rio) e Eduardo Campos (Pernambuco), além de deputados e senadores de PT, PMDB, PSDB e PP (confira mais abaixo o que disseram os políticos citados).

De acordo com o jornal, nos depoimentos que prestou aos procuradores da República entre agosto e setembro para tentar reduzir sua eventual pena, Paulo Roberto Costa disse que Palocci pediu, em 2010, um repasse de R$ 2 milhões para a campanha da então candidata do PT à Presidência,Dilma Rousseff. À época, o ex-ministro era um dos três coordenadores da campanha petista ao Palácio do Planalto.

Palocci comandou o Ministério da Fazenda no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e, posteriormente, a Casa Civil na gestão Dilma. Ele encerrou sua última passagem pela Esplanada dos Ministérios em 2011, após a revelação de que teve o patrimônio multiplicado por 20 entre 2006 e 2010, período em que foi ministro da Fazenda e deputado federal pelo PT.

Leia na íntegra/Assista vídeo/Confira lista

6º BPM recupera veículo roubado em Andorinha

Policiais da 3ª Companhia do 6º Batalhão de Polícia Militar recuperaram uma motocicleta roubada, por dois homens armados, às 18 horas de quinta feira (18), na Cidade de Andorinha.

Já à 0h20 de sexta feira (19), a guarnição perseguia os autores do roubo, quando abandonaram o veículo e evadiram-se, adentrando um matagal, sendo que o veículo foi recuperado.

Policiais do 6º BPM participam de curso de capacitação da SENAD

Policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar, juntamente com policiais de outras unidades como a 54ª CIPM e CIPE Caatinga, participaram de um curso de capacitação da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, do Ministério da Justiça, nos dias 15 e 16, no auditório da Universidade do Vale do São Francisco, em Senhor do Bonfim.

O curso foi ministrado pela Professora Josenaide Engracia dos Santos, da Universidade de Brasília e pelo Coordenador do Centro Regional de Referencia da Universidade Estadual da Bahia, Iuri dos Santos Bezerra, tendo como objetivo apresentar a realidade do usuário de drogas, munindo os policiais de informações que auxiliam nas diversas situações com usuário de drogas, durante abordagens e ocorrências policiais.

O Tenente Coronel Anselmo Bispo, Comandante do 6º BPM, proferiu algumas palavras aos participantes do curso e afirmou: “apesar do preconceito que os policiais militares enfrentam, consequência de um passado longínquo em que a Polícia Militar era o braço de um governo ditatorial, vejo hoje, com muita satisfação, uma tropa com bastante instrução, sempre em busca de conhecimento e melhor capacitação.”

6º BPM realiza prisão por dano ao Fórum de Senhor do Bonfim

Policiais da CETO do 6º Batalhão de Polícia Militar prenderam Willian Dantas da Silva porpular o muro do Fórum da Cidade de Senhor do Bonfim e cortar fios elétricos da bomba d’água no intuito de subtraí-la, na Rua 2 de Julho, na madrugada desta sexta feira (19), à 0h50.

Uma testemunha que viu o acusado pular o muro do Fórum Edgar Simões ligou para o serviço de 190 para informar o ocorrido, em seguida, os policiais foram até o local, evitando o furto do equipamento.

O acusado foi apresentado na delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante.

6º BPM realiza formatura do PROERD em Senhor do Bonfim

O 6º Batalhão de Polícia Militar, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, realizou a formatura da sua 21ª turma do Programa Educacional de Resistência às Drogas – PROERD, na tarde desta terça feira (16), no Centro Cultural da Cidade de Senhor do Bonfim. Participaram do programa 1067 crianças, durante o ano de 2014, nas cidades de Ponto Novo, Andorinha e Senhor do Bonfim.

Na solenidade, estiveram presentes Dr. Custódio Barbosa Neto, Assessor de Assuntos Institucionais, representando a prefeitura da cidade, a Secretária de Educação Prof.ª Eline Lúcia Sobreira da Silva, o Comandante do 6º BPM, Ten Cel PM José Anselmo Moreira Bispo, outras autoridades civis e militares, além de diretores das escolas participantes do programa e familiares dos formandos.

Foram selecionadas redações de alunos para serem premiadas e lidas na formatura, quando todos os presentes puderam conferir o grande aprendizado, como mostram alguns trechos: “aprendi que as drogas fazem mal à saúde”; “dizer não às drogas é uma decisão de agora e do futuro”; “aprendi que os perigos estão próximos e como evitá-los”; “agora sei que devo selecionar meus amigos”; “a droga acaba com os sonhos, não devemos desistir de sonhar”.

O PROERD foi criado em 1983, nos Estados Unidos, propagou-se por outros países e chegou ao Brasil em 1992. A Polícia Militar da Bahia faz parte deste projeto, contando com a dedicação de policiais treinados, desde 2003. O 6º BPM foi a primeira unidade a aplicar o PROERD no interior da Bahia.

Conseguir se equilibrar por mais de 20 segundos em uma perna só indica boa saúde cerebral 

Faça um teste rápido: você consegue se equilibrar em uma perna perfeitamente durante 20 segundos? Se a resposta for negativa, melhor ficar atento. Uma pesquisa publicada nesta quinta-feira no periódico Stroke constatou que essa dificuldade é relacionada com um maior risco de derrame e redução da função cognitiva.

“Nosso estudo constatou que a habilidade de se equilibrar em uma perna é um teste importante para verificar a saúde do cérebro. Aqueles que não têm muito equilíbrio devem ter a atenção dos seus médicos, mesmo que não apresentem nenhum sintoma clínico”, explica Yasuharu Tabara, coautor do estudo e professor da Universidade de Kioto, no Japão.

Participaram do estudo 1387 pessoas com idade média de 67 anos. Os pesquisadores pediram que os participantes se equilibrassem em uma perna com os olhos abertos duas vezes, e usaram como parâmetro a melhor tentativa. Já a saúde cerebral foi examinada por meio de uma ressonância magnética.

Ao compararem os resultados do teste e do exame, os autores concluíram que os voluntários que não conseguiam se equilibrar por mais de 20 segundos sobre uma perna tinham maior incidência da chamada doença dos pequenos vasos cerebrais, uma condição que antecede o derrame, provoca pequenas lesões nos vasos do cérebro e não apresenta sintomas.

Dos participantes com dificuldade de equilíbrio, 34,5% tinham duas lesões no cérebro e 16% possuíam uma lesão. Os pesquisadores verificaram que, quanto mais lesões cerebrais a pessoa tinha, por menos tempo ela conseguia se equilibrar.

Leia na íntegra/Tire dúvidas

O surfista Gabriel Medina, 20, conquista o título mundial de surfe, durante o Billabong Pipe Masters, última etapa do Circuito Mundial na praia de Pipeline, em Honolulu, no Havaí - 19/12/2014

O surfista Gabriel Medina, 20, conquista o título mundial de surfe, durante o Billabong Pipe Masters, última etapa do Circuito Mundial na praia de Pipeline, em Honolulu, no Havaí – 19/12/2014

Pela primeira vez na história um brasileiro se consagrou campeão mundial de surfe. Gabriel Medina, aos 20 anos, conseguiu o feito inédito para o país nesta sexta-feira, na praia de Pipeline, no Havaí, e se tornou o melhor da modalidade no ano de 2014.

Após cinco dias de espera, Medina foi ao mar, avançou até as quartas de final e esperou pelo desempenho de seu principal rival, o australiano Mick Fanning, nas areias de Pipeline, sede da última etapa do WCT. Fanning não superou a quinta fase (repescagem) e deixou o paulista de Maresias com o título.

“Não tenho o que falar. Eu não estou acreditando. Eu amo essa torcida que está aqui. Quero celebrar com as pessoas. Eu estava sonhando com isso e virou realidade. Eu não sei o que dizer”, disse após a conquista o brasileiro, que começou a chorar ainda dentro d’água e desistiu por alguns momentos da bateria, indo festejar com os fãs presentes na areia.

Leia na íntegra/Confira fotos

Morador usa caiaque em Maraú (Foto: Vicente Coutinho)

A chuva que tem caído na Bahia deixa algumas cidades do interior em estado de alerta. Em Itabuna, no sul baiano, vinte famílias foram retiradas de suas casas e realocadas para o Parque de Exposições da cidade por conta do nível do rio Cachoeira, que está alto.

Os moradores foram retirados de maneira preventiva, segundo a prefeitura. Todos são do bairro Maria Matos, na zona oeste da cidade, região que costuma ser afetada quando chove e o as águas ficam acima do leito – no momento, em torno de dois metros, de acordo com a prefeitura.

As famílias removidas estão recebendo assistência da prefeitura. A cidade ainda registrou um desabamento de um muro, que atingiu uma casa vazia no Jardim Italamar, e outras situação menores. Não houve casos de maior gravidade.

Em Taperoá, a chuva diminuiu, mas continua caindo de maneira constante. O rio transbordou e deixou moradores do povoado de Camuruji ilhados. Ruas da cidade também ficaram alagadas, a ponto de um morador usar uma caiaque para transitar pelo município. Por conta do estado do município, uma igreja está recolhendo doações em Santo Antônio de Jesus para levar até a cidade. As doações podem ser levadas até a Igreja Batista Betânia, no centro da cidade, incluindo roupas e alimentos. Estão desabrigadas cerca de 40 famílias só no Centro da cidade. Carros-pipa de Valença estão levando água potável para a cidade, que ficou com problemas na distribuição.

Leia na íntegra/Confira fotos

Venina Velosa da Fonseca

Venina Velosa da Fonseca 

A ex-gerente da Diretoria de Refino e Abastecimento da Petrobras, Venina Velosa da Fonseca prestou depoimento na manhã desta sexta-feira por cinco horas seguidas ao Ministério Público, em Curitiba, e confirmou que os altos diretores da companhia, incluindo a presidente da Petrobras Graça Foster foram avisados previamente por ela e sabiam pelo menos desde 2009 de irregularidades e desvios de recursos na estatal. Venina prestou esclarecimentos na condição de testemunha de acusação e sob juramento e apresentou às autoridades notas fiscais, cópias de e-mails, atas de auditoria, relatórios internos da petroleira e deixou com o Ministério Público até seu próprio computador pessoal, com detalhes de como foram celebrados contratos na companhia. A ex-funcionária vai ser ouvida pelo juiz Sergio Moro, responsável pela Lava Jato na Primeira Instância, em fevereiro.

De acordo com reportagem publicada pelo jornal Valor Econômico, Venina começou a suspeitar que havia problemas quando percebeu que os gastos com pequenos contratos de prestação de serviços avançaram de 39 milhões para 133 milhões de reais em 2008, sem razão aparente. Em sua apuração interna, a gerente detectou que a estatal estava pagando por serviços de comunicação que sequer estavam sendo prestados. Sua primeira atitude foi informar Paulo Roberto Costa, seu superior direto, e pedir mais rigor na fiscalização dos contratos. Costa, relata Venina, apontou para o retrato de Lula em sua sala e perguntou ”Você quer derrubar todo mundo?”. A gerente então encaminhou as denúncias ao presidente Gabrielli que, após auditoria interna, acabou demitindo o diretor de Comunicação, Geovanne de Morais.

Leia na íntegra

(Foto reprodução/Google)

Fala-se que o ministério seria turbinado com as verbas da publicidade oficial, até agora sob o controle da Secom. Ele só diz ter uma certeza: esteja onde estiver, também cumprirá um papel político.

Jaques Wagner admite que o destino mais provável dele no governo federal é o Ministério das Comunicações, embora ainda não tenha dito sim a Dilma.

Fala-se que o ministério seria turbinado com as verbas da publicidade oficial, até agora sob o controle da Secom. Ele só diz ter uma certeza: esteja onde estiver, também cumprirá um papel político. (A Tarde)

Alagamento na Rua Nilo Peçanha, Calçada, prejudica pedestres. Tempo ruim continua (Foto: Mauro Akin Nassor)

Por conta das modificações climáticas, a população precisou se ajustar ao impacto, sobretudo das chuvas. Ontem, quem saiu de casa cedo precisou se agarrar ao guarda-chuva para evitar chegar ao destino final ensopado, como aconteceu com o auxiliar administrativo Roberto Carneiro, que é morador do bairro do Uruguai e trabalha na região do Iguatemi.

“Inicialmente, saí mais cedo, pois estava com medo da chuva acabar causando engarrafamento, mas assim que saí de casa acabei pisando em uma poça e precisei voltar para trocar o sapato”, informou.

No entanto, o auxiliar administrativo foi ainda mais precavido na segunda saída: calçou um par de botas sete léguas para evitar o transtorno. “Foi o jeito que encontrei para resolver o problema. Deu certo. Para chegar enxuto, o jeito é se proteger todo”, declarou Roberto.

Capas e guarda-chuva podem ajudar, mas não são garantia de escapar dos banhos de água. Quem viveu isso na pele foi a diarista Daniela Soares, que saiu de casa, no Largo do Papagaio, munida de uma capa de chuva, além da sombrinha.

Pouco antes de chegar na Avenida Porto dos Tainheiros foi vítima da aquaplanagem, na passagem de um ônibus. “Eu estava na calçada e fui me preparar para atravessar a rua. Quando senti o ônibus se aproximando, até tentei procurar um esconderijo, mas não deu tempo. Tomei o maior banho”, reclamou.

“Basta chover para aquela região ficar toda alagada. Quem passa por ali sofre. Os motoristas precisam ser compreensivos. Na maior parte das vezes veem que tem gente transitando e passam na maior velocidade”, reclama Daniela.

Durante toda a manhã de ontem, diversos pontos de lentidão no trânsito foram registrados pela Transalvador em avenidas como Lucaia, Garibaldi, ACM, Otávio Mangabeira, Bonocô e Paralela. Na Rua Valdino Vaz, em Águas Claras, um trecho da via rompeu por conta das chuvas.

No total, 36 solicitações foram registradas pela Defesa Civil. O maior volume de chamados foi realizado para casos de deslizamento de terra: 15. Um deles aconteceu na Rua Beija Flor, no Imbuí, por volta das 8h, porém nenhum imóvel foi atingido e ninguém ficou ferido.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o volume pluviométrico registrado até ontem, 173,4 mm, superou a média prevista para todo o mês de dezembro que correspondia a 142,8 mm. Apesar da aparente permanência das nuvens carregadas que chegaram à cidade segunda-feira, o Inmet prevê que o volume de chuvas deve diminuir gradativamente até o sábado, quando o céu deve começar a abrir novamente.

A previsão para hoje é de sol entre nuvens pela manhã e leves pancadas de chuva com ventos fortes até a noite. A temperatura mínima prevista é de 25°C e a máxima fica em 27°C. No final de semana, o tempo deve melhorar. Ainda segundo o Inmet, amanhã o tempo ficará nublado também, com pancadas de chuva, e domingo o dia ficará nublado a parcialmente nublado com possibilidade de chuva apenas em áreas isoladas. (Correio da Bahia)

 

graça

A mudança pode não passar por Graça

Ao contrário do que tem se especulado, a demissão de Graça Foster e da diretoria da Petrobras não é tão certa assim. O que o governo decidiu mesmo é mudar o conselho de administração quase de cabo a rabo.

Quer levar para o conselho da Petrobras executivos e empresários de alta reputação para trabalharem mais perto da diretoria. E, sobretudo, ter um executivo comprovadamente bem sucedido na gestão de empresas privadas para ser o chairman. (Veja)

Por Lauro Jardim 

PREFEITO DE FILADELFIA: NOTA DE ESCLARECIMENTO

Prefeito Barbosa Júnior

A fim de esclarecer as informações inverídicas veiculadas injustamente em alguns meios de comunicação da região, viemos apresentar nosso manifesto oficial sobre os fatos acerca da matéria intitulada “PREFEITO DE FILADÉLFIA SOFRE MAIS UMA DERROTA NA JUSTIÇA E PODE TER PRISÃO DECRETADA POR DESCUMPRIMENTO À ORDEM JUDICIAL”, divulgada com a assinatura de “Sansil Comunicação”.

Alega a matéria, certamente por leviandade e movida por interesses obscuros que o prefeito municipal de Filadélfia vem acumulando sucessivas derrotas tanto no âmbito da Justiça, como no âmbito político e que pode ter prisão decretada por descumprimento de ordem judicial.

Trata-se de Sentença Judicial proferida pelo Excelentíssimo Senhor Dr. Juiz de Direito da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Pindobaçu/BA, nos autos do Mandado de Segurança nº 0000012-42.2013.805.0196 que entendeu pela reintegração de alguns dos ocupantes do cargo de auxiliar de serviços gerais, mas, não por entender ilegal o afastamento dos mesmos, mas levando em consideração o tempo demandado para conclusão do processo administrativo que se encontra em fase de conclusão.

Insta destacar que o prefeito municipal, o Senhor Antônio Barbosa dos Santos Júnior, fora intimado da sentença citada na data de 10 de dezembro do corrente ano, não havendo, portanto decurso de um tempo juridicamente relevante para que seja sequer cogitado descumprimento de ordem judicial.

Leia na íntegra

Link relacionado:

 http://blogdomeireles.com.br/?p=115022

Em outubro, houve fechamento de 30.283 postos com carteira assinada

Em outubro, houve fechamento de 30.283 postos com carteira assinada (Reinaldo Canato/VEJA)

O Brasil abriu 8.381 vagas formais de trabalho em novembro, segundo o último balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho (MTE) nesta quinta-feira. Trata-se do pior dado para novembro desde 2008. Apesar de positivo, o número mostra uma queda de 82,35% na comparação com as 47.486 vagas criadas em novembro de 2013, na série sem ajuste. Em outubro, houve fechamento de 30.283 postos com carteira assinada. Mediana das estimativas da AE Projeções apontava para o fechamento de 24.000 vagas.

O mercado de trabalho brasileiro acumula criação de 938.043 de empregos formais até novembro em 2014, o menor resultado para o acumulado do ano desde 2003, quando houve abertura de 860.887 vagas na série com ajuste. Em relação a 2013, a queda é de 39,3%.

A forte queda na geração de vagas ocorreu em função de demissões no setor de construção civil, que reduziu 48.894 postos no mês passado, seguido pela indústria de transformação, com fechamento 43.700 vagas, e pela agricultura, com fechamento 32.127 de vagas. O desempenho dos três setores comprometeu o resultado positivo do comércio, com geração de 105.043 empregos em novembro. O setor de serviços também criou empregos, totalizando 29.526 novas vagas no mês passado.

Os números de criação de empregos formais do acumulado de 2014, e de igual período dos últimos anos, foram ajustados para incorporar as informações enviadas pelas empresas fora do prazo (até o mês de outubro). Os dados de novembro ainda são considerados sem ajuste. (Veja)

Imagens de um apartamento no prédio em que Lula adquiriu um triplex

Imagens de um apartamento no prédio em que Lula adquiriu um triplex (SP) (Reprodução)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não é o único sortudo a ter comprado um tríplex no edifício Solaris, no Guarujá (SP), uma das poucas obras iniciadas pela Bancoop que foram concluídas. O atual tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, pagou por um apartamento no mesmo prédio. Seu nome consta de um documento oficial, feito em 2006 pela Bancoop, que lista os “cooperados ativos” do edifício – ou seja, que estavam com os pagamentos das parcelas em dia. Procurada, a assessoria do petista disse que ele não iria comentar o assunto.

A Bancoop quebrou em 2006, quando era presidida por Vaccari. Deixou 32 obras inacabadas e mais de 3 500 famílias na rua da amargura. O edifício Solaris foi uma das oito obras assumidas pela OAS depois disso. À beira da praia e com vista para o mar, o prédio tem três tipos de apartamentos – as coberturas triplex, alguns duplex de 162 metros quadrados e outros de um pavimento, com cerca de 100 metros quadrados. O de Lula, que ficou pronto neste ano, pertence à primeira categoria. Fica no 16º andar, tem elevador privativo e 297 metros quadrados. Além de Vaccari, também constam da lista de cooperados do Solaris a mulher de Freud Godoy, o ex-assessor de Lula que ficou famoso no caso dos aloprados, em que militantes petistas foram presos tentando comprar um dossiê com informações falsas contra o tucano José Serra.

O fato de o edifício onde o ex-presidente tem apartamento ter sido um dos poucos que ficaram prontos irritou cooperados que continuam até hoje sem ver a cor dos imóveis pelos quais passaram anos pagando. “Queremos saber por que há tantas obras inacabadas, enquanto algumas poucas são construídas tão rapidamente”, disse um dos conselheiros da entidade de lesados pela Bancoop, Marcos Sérgio Migliaccio.

A Bancoop quebrou, segundo o Ministério Público, com um rombo de pelo menos 100 milhões de reais, porque seus dirigentes desviaram dinheiro pago pelos mutuários para “fins escusos”. Segundo o promotor José Carlos Blat, parte do dinheiro foi para financiar campanhas eleitorais do PT. Vaccari é um dos cinco réus que respondem na Justiça por estelionato, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. (Veja)

A presidente Dilma Rousseff é diplomada para o seu segundo mandato como presidente da República no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), na capital federal, nesta quinta-feira (18). O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o vice-presidente Michel Temer e o ministro José Antonio Dias Toffoli participam da solenidade

Dilma Rousseff (PT) sendo diplomada para o seu segundo mandato como presidente no Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

A presidente Dilma Roussseff e o vice Michel Temer receberam nesta quinta-feira o diploma da Justiça Eleitoral que lhes garante a posse no segundo mandato. A cerimônia foi realizada na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. O discurso da presidente foi marcado por referências ao escândalo na Petrobras. Acuada pelas denúncias graves, Dilma tratou do caso como se não tivesse qualquer responsabilidade sobre a corrupção na estatal. Ela também tentou se apropriar das investigações conduzidas pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal.

“Alguns funcionários da Petrobras, empresa que tem sido e vai continuar sendo o nosso ícone de eficiência, brasilidade e superação, foram atingidos no processo de combate à corrupção. Estamos enfrentando essa situação com destemor e vamos converter a renovação da Petrobras em energia transformadora do nosso país”, afirmou. “Temos que punir as pessoas, não destruir as empresas. Temos que saber punir o crime, não prejudicar o país ou sua economia”, prosseguiu.

Confira na íntegra

Embraer apresentou nesta terça-feira(21), o primeiro protótipo do cargueiro KC-390. Maior aeronave desenvolvida e produzida no Brasil é resultado de um acordo de US$ 2 bilhões com a Força Aérea Brasileira (FAB)

Embraer apresentou nesta terça-feira(21), o primeiro protótipo do cargueiro KC-390. Maior aeronave desenvolvida e produzida no Brasil é resultado de um acordo de US$ 2 bilhões com a Força Aérea Brasileira (FAB) – Nelson Akmeida/AFP

O primeiro voo do cargueiro KC-390, o maior avião já desenvolvido e produzido no Brasil, deve ocorrer nas primeiras semanas de 2015, informou nesta quinta-feira a Embraer em comunicado enviado ao mercado. De acordo com a companhia, o primeiro voo ocorrerá “tão logo toda a preparação seja satisfatoriamente concluída”. A Embraer apresentou em outubro o primeiro protótipo do cargueiro. A aeronave de transporte de tropas e cargas, que também realiza abastecimento em voo, tem capacidade de transportar até 26 toneladas a 870 quilômetros por hora e pode realizar missões como busca e resgate e combate a incêndios florestais.

O KC-390 é resultado de acordo de 2 bilhões de dólares fechado em 2009 com a Força Aérea Brasileira (FAB), envolvendo a montagem de dois protótipos. A FAB assinou em maio deste ano contrato firme de 7,2 bilhões de reais por 28 unidades do cargueiro, que substituirão os aviões Hercules C130. “É um projeto de Estado. Tudo aquilo que fazemos com os velhos (cargueiros) Hercules, que estão se aposentando no mundo inteiro, poderemos fazer com o KC-390″, afirmou em discurso o ministro brasileiro da Defesa, Celso Amorim. (Veja Com agência Reuters)

(Foto reprodução/Google)

Os políticos envolvidos no megaesquema de corrupção operado na Petrobras, descoberto a partir da Operação Lava Jato, só serão denunciados ou investigados em fevereiro do ano que vem. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vai esperar a volta do recesso do Judiciário para encaminhar ao Supremo Tribunal Federal (STF) os pedidos de abertura de inquérito contra parlamentares e autoridades citados nas delações do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, e do doleiro Alberto Youssef.

O Poder Judiciário entra em recesso nessa sexta-feira, e o STF permanecerá em esquema de plantão até o dia 31 de janeiro. Nesse período, só são tomadas decisões em medidas urgentes pelo ministro em plantão. Por isso, Janot vai levar os inquéritos ou eventuais denúncias – se não for necessária investigação – contra os políticos apenas em fevereiro.

Ele já havia informado que, com a análise das delações de Youssef e Paulo Roberto Costa, já tinha elementos suficientes para pedir ao STF o “desmembramento” dos casos. Permanecerão no Supremo inquéritos contra parlamentares, autoridades com prerrogativa de foro e casos em que a atuação no esquema estiver diretamente ligada aos políticos.

A delação de Alberto Youssef já foi encaminhada pelo PGR ao relator da Lava Jato no STF, ministro Teori Zavascki. Cabe ao ministro homologar a delação, assim como fez no caso de Paulo Roberto Costa.

Nas delações feitas em Curitiba (PR), Costa e Youssef citaram “dezenas” de parlamentares, segundo o próprio ex-diretor. Eles relataram repasses para políticos como os senadores petistas Gleisi Hoffmann (PR) e Humberto Costa (PE), além de partidos como PP e PMDB e do tucano Sérgio Guerra, que morreu em março. A Polícia Federal também interceptou diálogos entre Youssef e os deputados André Vargas (sem partido-PR) e Luiz Argôlo (SD-BA). (Veja com Estadão Conteúdo)

 

Cheques, cartões e documentos apreendidos com dupla que retirava cartões de crédito de outras pessoas usando identidade falsa (Foto: Mateus Rodrigues/G1)

Cheques, cartões e documentos são usados em
fraudes (Foto: Mateus Rodrigues/G1)

O mês de novembro terminou com 175.529 tentativas de fraude com roubo de identidade – uma a cada 14,8 segundos, segundo levantamento da Serasa. Neste tipo de fraude, dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica ou mesmo obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos.

O número, no entanto, representa uma queda de 6,9% em relação a outubro, e de 12,2% frente a novembro do ano passado. Houve queda também no acumulado do ano, de 7,1% ante o mesmo período de 2013.

Segundo a Serasa, a queda frente a outubro é resultado da menor busca do consumidor por crédito, do menor número de dias úteis e da ausência de uma data comemorativa forte para o varejo, como foi o Dia das Crianças em outubro.

A pesquisa mostra que 41% das tentativas de fraude no mês passado foram registradas na telefonia. Apesar do percentual elevado, as 71.998 tentativas representam queda frente aos 45,8% de novembro de 2013.

O setor de serviços – que inclui construtoras, imobiliárias, seguradoras e serviços em geral (salões de beleza, pacotes turísticos etc.) – teve 54.284 registros, equivalente a 30,9% do total. O setor bancário foi o terceiro do ranking em novembro/14, com 32.927 tentativas, 18,8% do total. O segmento varejo teve 13.050 tentativas de fraude, registrando 7,4% das investidas contra o consumidor. (G1)

Longevidade: pessoas que se sentem mais jovens do que são tendem a cuidar melhor da saúde, diz estudo (Foto reprodução/Google)

Sentir-se mais jovem prolonga a vida. De acordo com um estudo publicado nesta semana no periódico Jama Internal Medicine, pessoas que se sentem ao menos um ano mais jovens do que são têm uma menor taxa de mortalidade.

Os pesquisadores analisaram dados de 6.489 pessoas com idade média de 66 anos. Todas responderam à pergunta: “Quantos anos você sente que tem?”. No total, 69,6% dos participantes disseram que se sentiam pelo menos três anos mais jovens e 4,8% tinham a sensação de serem um ano mais velhos. Além disso, 25,6% dos indivíduos não se sentiam nem mais novos nem mais velhos.

Os pesquisadores acompanharam os participantes por oito anos. Após esse período, 14% dos que se sentiam mais jovens faleceram, ante 24% dos que se sentiam mais velhos. Entre aqueles que se consideravam na idade cronológica, a mortalidade foi de 18,5%.

Os pesquisadores constataram que aqueles que se sentiam mais jovens tinham mais vontade de viver e apresentavam maior tendência a seguir conselhos médicos, além de controlarem melhor o peso. “A idade não cronológica pode ser mudada. Então, é necessário que as pessoas que se sentem mais velhas sejam ainda aconselhadas a terem um estilo de vida saudável para que comecem a se sentir mais jovens”, dizem os autores.

Confira na íntegra

Funcionário conta notas de rublo em um escritório em Krasnoyarsk, na Sibéria (Foto: Ilya Naymushin/Reuters)

Funcionário conta notas de rublo em um escritório em Krasnoyarsk, na Sibéria (Foto: Ilya Naymushin/Reuters)

A forte desvalorização do rublo tem provocado turbulência nos mercados internacionais, sobretudo em países emergentes como o Brasil, e gerado temores de uma nova crise financeira como a de 1998, quando a Rússia declarou moratória de sua dívida, afetando a economia mundial.

A moeda russa vem sendo pressionada, principalmente, pela acentuada queda nos preços do petróleo – principal fonte de recursos de Moscou – e pelas sanções ocidentais impostas ao país por conta da atuação do governo de Vladimir Putin na Ucrânia.

A desconfiança é tamanha que nem mesmo um aumento de 6,5 pontos percentuais na taxa de juros, de 10,5% para 17% ao ano, foi capaz de evitar que a moeda atingisse mínimas recordes. Na terça-feira (16), o rublo perdeu 11% frente ao dólar, a queda diária mais aguda desde a crise financeira da Rússia em 1998. No ano, a moeda já acumula desvalorização de mais de 50%.

“O rublo vale o que vale o poder de Putin no mercado”, resumiu o jornal independente russo Novaya Gazeta.

Para tentar evitar o colapso do rublo, o Banco Central russo tem anunciado medidas como a venda diária de bilhões de dólares em divisas estrangeiras, mas obteve pouco sucesso até o momento.

Confira na íntegra

QUEM ´É O DONO DA MARCA IBOPE?

montenegro

Montenegro: nome do Ibope cedido pelos ingleses

A Kantar, do grupo WPP, comprou o Ibope Media, que mede audiência, mas a famíliaMontenegro continua dona do Ibope Pesquisa, que faz pesquisas eleitorais e de consumo.

Beleza. Mas, afinal, quem é o dono da marca Ibope? Os ingleses da Kantar. Só que eles cedem o nome Ibope para a família Montenegro enquanto ela controlar o negócio. 

A propósito, a parte do Ibope que a família Montenegro vendeu aos ingleses representa 80% do faturamento total da empresa. (Veja)

Por Lauro Jardim

‘NO PT, ACREDITA QUE QUER’


Publicado no Estadão desta quarta-feira (17)
O Partido dos Trabalhadores (PT), envolvido nos maiores escândalos de corrupção do Brasil na última década, está preocupado com sua imagem. Conforme dirigentes do partido discutiram em recente reunião da corrente majoritária da legenda “Partido que Muda o Brasil”, o PT precisa agir para resgatar a aura “ética” que criou e cultivou nos primeiros anos de sua existência. Mais uma vez, os petistas apostam tudo na propaganda como forma de construção da realidade. No entanto, está cada vez mais claro que a imagem de partido que abriga corruptos não está associada ao PT à toa – e será preciso muito mais do que golpes de marketing para alterar essa percepção. (Veja/Blog do Augusto Nunes)

» Clique para continuar lendo

 

Josemar Santana advogado de defesa

Sob a presidência da Dra. Louise de Melo Cruz Diamantino Gomes, Juíza de Direito da Comarca de Itiúba, o Tribunal Popular do Júri da Comarca, reunido ontem (17/12), em Sessão de Julgamento, decidiu absolver acusado de dupla tentativa de homicídio qualificado, fato ocorrido no Distrito de Rômulo Campos, em 23 de fevereiro de 2003, portanto, há quase 11 anos atrás.

Segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público, o acusado teria tentado contra a vida de um popular com quem discutira momentos antes, numa desavença de trânsito, no centro do Distrito, quando se realizava uma festa de Carnaval, deflagrando dois tiros que atingiram a primeira vítima no abdômen.

Em seguida o acusado empreendeu fuga e o então delegado de Itiúba, auxiliado por um agente de polícia do estado e dois agentes públicos municipais iniciaram  perseguição, tendo um dos agentes do município disparado dois tiros contra o acusado, na tentativa de detê-lo, havendo reação do acusado que atirou para trás, atingindo o delegado na bacia, fazendo, assim, a segunda vítima.

Poucos dias depois o acusado apresentou-se à Justiça, ficando preso em cumprimento a Mandado de Prisão Preventiva, expedido dias antes, sendo liberado nove meses depois, respondendo o processo em liberdade.

Pelo Ministério Público atuou a Promotora de Justiça Aline Curvelo Tavares de Sá e na defesa do acusado, o advogado Josemar Santana, que completou nesse julgamento, a sua 120ª atuação nos Tribunais do Júri, sustentando a tese de legítima defesa, contando com a participação do estagiário Carlos Alberto Soares Quadros, que fez a sua estréia em julgamentos populares.

 

DILMA CONSIDERA NILDEMAR SECCHES NA PETROBRAS

 

Dilma Rousseff

A Presidente já se convenceu da necessidade de substituir Graça Foster, e as duas esperam apenas que Dilma defina o nome e que haja uma trégua nos capítulos da Operação Lava Jato para que a troca de comando aconteça.

O martelo ainda não está batido, mas na difícil equação de substituir uma CEO da absoluta confiança da Presidente com alguém capaz de reerguer a Petrobras pós-Lava Jato, o nome de Secches atende a dois requisitos importantes: é respeitado por Dilma e pelo mercado.

Secches foi CEO da Perdigão de 1994 a 2007, indicado para o cargo pelos acionistas majoritários da companhia: Previ, Petros e BNDES.

Sua carreira é marcada por uma série de eventos em que ele demonstrou habilidade política e capacidade de execução – dois atributos imprescindíveis para a cadeira mais sensível da Avenida Chile, onde fica a sede da Petrobras.

Junto com o empresário Eggon João da Silva, um dos fundadores da WEG, Secches foi responsável pela transformação da Perdigão, então uma empresa familiar à beira da falência, numa corporação aclamada por sua governança corporativa exemplar, posição financeira sólida e taxas de crescimento robustas. Exatamente o que a Petrobras precisa.

Em 2006, Secches resistiu à oferta de aquisição hostil feita pela Sadia. Dois anos depois, quando a Sadia perdeu 2,5 bilhões de reais com derivativos cambiais, Secches, já no conselho da Perdigão, liderou a oferta pela arquirrival e ganhou a parada.

Foi presidente do conselho da BRF, a empresa resultante da fusão, até 2013, quando foi substituído no cargo pelo empresário Abilio Diniz, numa articulação liderada pela Tarpon Investimentos e apoiada por outros acionistas.

Para além da BRF, Secches tem ampla penetração no mundo empresarial.  É conselheiro de cinco companhias: Iochpe-Maxion, Ultrapar, WEG, Itaú Unibanco e Suzano Papel e Celulose.

Antes de sua carreira como executivo, Secches trabalhou no BNDES de 1972 a 1990, e foi diretor do banco entre 1987 e 1990.

Seu currículo acadêmico é eclético. É formado em engenharia mecânica pela Universidade de São Paulo, unidade de São Carlos, fez mestrado em finanças na PUC do Rio e doutorado em economia pela Unicamp. (Veja)

Por Geraldo Samor

 

Prefeito de Filadélfia, Barbosinha Júnior (Foto reprodução/Google)

Inconformado com a decisão do Juízo da 149ª Zona Eleitoral, que julgou improcedente a representação movida pelo atual prefeito de Filadélfia, o Barbosinha Júnior, contra o ex-candidato a prefeito Marlos Maia e contra o ex-prefeito João Luiz, Barbosinha e a sua Coligação “Unidos por Uma Filadélfia Diferente” sofreram mais uma derrota judicial, desta feita no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), que negou provimento ao recurso manejado contra a decisão da Justiça Eleitoral da 149ª Zona, por unanimidade.

Na representação, Barbosinha Júnior pretendia tornar inelegíveis Marlos Maia e seu candidato a vice-prefeito Francisco Lopes de Azevedo (Chicão) e o ex-prefeito João Luiz, alegando que eles fizeram uso de meios ilícitos para captação de votos em favor da candidatura de Marlos Maia/Francisco Azevedo, na eleição de 2012.

O Recurso Eleitoral manejado por Barbosinha Júnior e sua Coligação foi julgado pelo TRE na quinta-feira passada e teve o acórdão publicado no último dia 12.

Na 149ª Zona Eleitoral, sediada em Itiúba, Bahia, a defesa de Marlos Maia/Francisco Azevedo teve a atuação do advogado Josemar Santana, enquanto a defesa de João Luiz teve a atuação do advogado Egnaldo Paixão.

TRE o Recurso movido por Barbosinha Júnior contou com o acompanhamento de destacado escritório de advocacia de Salvador, enquanto a defesa de Marlos, Francisco Azevedo e João Luiz contou com a defesa dos advogados Josemar Santana, Maraísa Santana e Maiana Santana.

Pedido de Prisão do Prefeito

Barbosinha Júnior vem acumulando sucessivas derrotas tanto no âmbito da Justiça, como no âmbito político, como resultado de sua fracassada atuação na administração do município e na liderança do seu grupo político.

Na semana passada o prefeito de Filadélfia sofreu outra derrota judicial, desta feita, na Comarca de Pindobaçu, com a decisão de mérito prolatada pelo Juiz daquela Comarca, determinando a reintegração de servidores afastados ilegalmente no início de sua gestão, em janeiro de 2013.

O advogado dos servidores, Josemar Santana, pretende pedir a prisão de Barbosinha Júnior, por descumprimento à ordem judicial, caso ele não reintegre até esta sexta-feira (19/12) os servidores afastados ilegalmente.

Ainda na semana passada, Barbosinha Júnior sofreu mais outra dertota, desta feita no âmbito político, quando a oposição elegeu a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores, consolidando o quórum de  maioria absoluta da Casa Legislativa, contrária ao prefeito. (Sansil Comunicação )

‘LARGA O POÇO, GRACIOSA!’

Por José Nêumanne

Publicado no Estadão desta quarta-feira (17)

Na quinta-feira o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, resumiu numa sentença lapidar a frustração de todos os brasileiros com a roubalheira na Petrobras, que seus subordinados estão investigando na Operação Lava Jato: “Essas pessoas roubaram o orgulho dos brasileiros”. Fê-lo em Curitiba, onde tinha ido entregar a denúncia deles à Justiça, fechando a semana que começara cobrando a demissão da diretoria da estatal, em solenidade da instituição que chefia, no Dia Internacional de Combate à Corrupção. Incapaz de tomar uma atitude que não seja para cumprir ordem da chefe, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ali presente, ressuscitou o Conselheiro Acácio, de Eça, ao reconhecer a existência de indícios de corrupção na ex-maior empresa do Brasil (agora é a quarta, abaixo de Ambev, Itaú e Bradesco). Só depois negaria legitimidade ao cobrador, na ausência deste.

» Clique para continuar lendo

‘AINDA SOBRE O BOSQUE’

Por Vlady Oliver

O partido que tem cheiro, cor, cara e consistência de uma vigarice ─ um bosque ─ seria digno ou não de crédito se um partido fosse. Não é. É uma seita vagabunda que subverte os valores, a decência e a história deste país, tentando reescrevê-la pelas tintas mais picaretas. Como bem definiu o vizinho de teclas Reinaldo Azevedo, a coisa é uma mentalidade. É incrível que a política brasileira não se dê conta que das dimensões da camorra organizada para rapinar, dissimular, desviar dinheiro público e quebrar a coisa pública através da inépcia, do aparelhamento pusilânime, do controle sectário em nome das vontades do bando e da total descaracterização das liturgias políticas.

» Clique para continuar lendo

 

CUBA LIBERTA AMERICANO; EUA SOLTAM 3

Alan Gross chega com sua esposa para falar com jornalistas em Washington nesta quarta-feira (Foto: Reuters/ Kevin Lamarque)

Alan Gross chega com sua esposa para falar com jornalistas em Washington nesta quarta-feira (Foto: Reuters/ Kevin Lamarque)

Alan Gross, o norte-americano que estava preso em Cuba e foi libertado nesta quarta-feira (17), fez um breve pronunciamento oficial no qual agradeceu ao presidente Barack Obama e a todos os responsáveis por sua libertação.

Também nesta quarta, os EUA soltaram três cubanos condenados por espionagem em 2001. Luis Medina, Gerardo Hernandez e Antonio Guerrero já chegaram ao seu país de origem. O presidente cubano Raúl Castro ainda disse que a ilha vai libertar e mandar para os EUA um homem de origem cubana que espionou para os americanos.

Segundo o jornal “The New York Times”, os três agentes cubanos foram trocados por esse homem, preso durante quase 20 anos, e Alan Gross, tecnicamente, não faz parte da negociação, tendo sido libertado separadamente por “questões humanitárias”.

“Agradeço seus esforços e expresso minha gratidão, amor e respeito…sei que muitos participaram das negociações e quero expressar minha gratidão a cada um deles assim que souber quem são todos”, afirmou Gross em sua coletiva.

Ele também falou da dedicação de sua esposa, Judy, com quem entrou de mãos dadas na sala de conferências, e agradeceu às comunidades judia, cristã e muçulmana. “Foi crucial para minha sobrevivência saber que não fui esquecido. Muito obrigado a todos por suas orações”, disse o ex-prisioneiro, que é judeu.

Ele também aproveitou a oportunidade para elogiar os cubanos e expressar seu apoio ao restabelecimento das relações entre os dois países. “Os cubanos, ou ao menos a maioria deles, são incrivelmente bons, generosos e talentosos. É triste vê-los sendo tratados de maneira tão injusta por decisões de dois governos”, disse, sem poupar Cuba ou EUA de seus comentários. “De modo algum eles são responsáveis pelo sofrimento imposto a mim e minha família”, acrescentou.

“Dois erros nunca fazem um acerto”, afirmou. “Espero realmente que possamos agora ir além dessas políticas mutualmente beligerantes”.

“Fiquei muito feliz com o que ouvi o presidente (Obama) dizer hoje. É uma mudança de atitude que apoio completamente. Apoio o presidente Obama em sua decisão”, garantiu.

Gross pediu ainda que sua privacidade seja respeitada e disse que suas comemorações de fim de ano, ao lado da família, serão muito felizes. “Gostaria de pedir privacidade completa e total. Claro?”, solicitou, arrancando risos ao dizer a palavra “claro” em espanhol.

“Sou abençoado por ter liberdade e poder reconstruir minha vida. É bom estar em casa”, concluiu.

O americano cumpriu 5 de uma pena de 15 anos de prisão por “ameaças à segurança de Estado”. Ele era um funcionário terceirizado do governo dos Estados Unidos e tentou estabelecer um serviço ilegal de internet na ilha caribenha.

Gross, de 65 anos, era de uma empresa subcontratada pela agência norte-americana para o desenvolvimento internacional, a USAID, quando foi preso em sua quinta viagem a Cuba, em uma tentativa de estabelecer uma rede online para os judeus em Havana. O americano chegou a fazer greve de fome por causa do tratamento recebido pelos governos cubano e americano. (G1)


(Foto reprodução/Google)

O governo trabalha junto à base aliada para que nenhum relatório seja votado na CPI mista da Petrobras. A ideia é inviabilizar a reunião que foi marcada para a noite quarta, já que há sessão tanto no plenário do Senado e quanto no da Câmara.

A oposição pressiona para evitar a manobra do governo. No entanto, um dos articuladores que busca impedir a votação do relatório explicou ao Blog que, para a base aliada, o ideal é que não haja um texto final da CPI aprovado. (G1/Blog do Camartti)

Entrevista concedida à jornalista Josélia Maria

 

Maia: o Planalto desconfia dos seus propósitos

Maia: o Planalto desconfia dos seus propósitos

A súbita mudança de posição de Marco Maia que alterou hoje seu relatório da CPMI da Petrobras, pedindo o indiciamento de 52 pessoas (no anterior não indiciava ninguém), incluindo Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef é vista com extrema desconfiança pelo próprio governo.

O Planalto acha que Maia é um dos políticos citados nas delações premiadas de PRC e Youssef e está tentando desviar o foco. (Veja)

Por Lauro Jardim

Foster tem de enfrentar desafio de se manter no cargo e reforçar governança na estatal (Reuters)

Após as avaliações feitas pelo relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, deputado Marco Maia (PT-RS), defendendo a saída presidente da Petrobras, Graça Foster, do cargo, o ministro de Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, declarou que o governo tem “inteira confiança” na gestão de Foster e da atual diretoria da estatal. Berzoini classificou as declarações do deputado como uma “análise política” e não um “juízo” em relação a seu relatório.

“Quero manifestar, em nome do governo, sobre a total confiança na gestão da presidente Graça Foster e sua diretoria”, disse o ministro. “Entendemos que o enfrentamento dos assuntos da Petrobras foi conduzido com zelo, com firmeza e com determinação pela presidenta e pela diretoria e que este é o caminho para enfrenar as dificuldades e enfrentar a necessidade de encontrar o caminho correto para a Petrobras”, declarou.

Foster confirmou nesta quarta-feira (17) que colocou seu cargo e de toda diretoria à disposição da presidente Dilma Rousseff.

Berzoini rejeitou a ideia de que as sucessivas declarações de ministros em favor da permanência da direção da estatal indiquem que o governo esteja preocupado com a fragilidade da atual presidente e dos atuais diretores.

“É apenas para deixar claro a posição nossa em relação ao comportamento extremamente profissional que a Graça Foster vem mantendo a frente da empresa”, disse o ministro. “Quando há qualquer tipo de manifestação, de quem quer que seja, em relação a isso, o governo sente a necessidade de deixar clara a sua posição, para evitar especulação em relação a maior empresa brasileira, que tem uma importância estratégica, fundamental para o futuro do país”, justificou.

 Leia também:
Heranças do julgamento do mensalão vão guiar processo da Lava Jato

 

Barack Obama e Raúl Castro dão aperto de mão na cerimônia em memória a Nelson Mandela no estádio Soccer City, em Johanesburgo, África do Sul, em 2013  (Foto: Chip Somodevilla/Getty Images)

Barack Obama e Raúl Castro dão aperto de mão na cerimônia em memória a Nelson Mandela no estádio Soccer City, em Johanesburgo, África do Sul, em 2013 (Foto: Chip Somodevilla/Getty Images)

O Vaticano e o Canadá atuaram nos bastidores das negociações de mais de um ano que resultaram na libertação do americano Alan Gross e no anúncio da retomada de relações entre Estados Unidos e Cuba nesta quarta-feira (17), abrigando reuniões secretas entre representantes dos dois países.

O Vaticano esteve envolvido nas conversas entre Cuba e Estados Unidos desde o começo, com o Papa Bento XVI e agora com o Papa Francisco, segundo contou ao jornal “Washington Post” um teólogo que trabalhou na embaixada dos Estados Unidos no Vaticano entre 2009 e 2012. Segundo o teólogo, “vozes” diplomáticas, políticas, religiosas e de agências humanitárias pediram por “justiça”.

Durante seus pronunciamentos nesta quarta, Barack Obama e Raúl Castro mencionaram o importante papel do Vaticano e do Papa Francisco em facilitar as negociações históricas entre os dois países.

Nos últimos meses o Papa Francisco escreveu aos dois presidentes “convidando-os a resolver questões humanitárias de interesse comum, como a situação de alguns detidos, para dar início a uma nova fase de relações entre as duas partes”, segundo afirmou o Vaticano em comunicado. Segundo o Vaticano, seus diplomatas facilitaram as negociações de modo a “resultarem em soluções aceitáveis para ambos”.

Nesta quarta, Obama dissse que o Papa ajudou ao pressionar pela libertação de Alan Gross, americano prisioneiro solto por Cuba nesta quarta. Gross, de 64 anos, cumpriu cinco anos de uma pena de 15 anos de prisão por “ameaças à segurança de Estado”. Ele era um funcionário terceirizado do governo dos Estados Unidos e tentou estabelecer um serviço ilegal de internet na ilha caribenha. Ele foi solto em troca de três cubanos que estavam presos nos Estados Unidos.

Raúl Castro também agradeceu o apoio do Papa Francisco para “ajudar a melhorar as relações entre Cuba e os EUA”. Ele também agradeceu ao Canadá pelo apoio logístico.

Em nota, o prmiê canadense Stephen Harper parabenizou o êxito do diálogo e disse que o Canadá apoia um futura a Cuba que inclua “os valores de liberdade, democracia, direitos humanos e o Estado de Direito”.

saiba mais

Fernando Baiano e Nestor Cerveró (Foto: Geraldo Bubniak/ AGB/ Estadão Conteúdo e Geraldo Magela/ Agência Senado)

Fernando Baiano e Nestor Cerveró (Foto: Geraldo Bubniak/ AGB/ Estadão Conteúdo e Geraldo Magela/Agência Senado)

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Lava Jato na primeira instância, aceitou nesta quarta-feira (17) a última denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal(MPF) na sétima fase da operação.

Passam a ser réus no processo: Nestor Cerveró, ex-diretor da área Internacional da Petrobras; Fernando Soares, lobista conhecido como Fernando Baiano, apontado como um dos operadores do esquema de corrupção na estatal; e Júlio Camargo, executivo da Toyo Setal. Além deles, a Justiça também aceitou a denúncia contra o doleiro Alberto Youssef, que já virou réu em outras ações.

Eles são acusados de participação em crimes como corrupção contra o sistema financeiro nacional e lavagem de capital entre 2006 e 2012, conforme a denúncia.

De acordo com o MPF, Fernando Baiano e Nestor Cerveró são suspeitos de receber US$ 40 milhões de propina nos anos de 2006 e 2007 para intermediar a contratação de navios-sonda para a perfuração de águas profundas na África e no México. Fernando Baiano era representante de Nestor Cerveró no esquema, ainda segundo a denúncia.

Ao despachar pela aceitação da denúncia, Moro marcou para fevereiro de 2015 a primeira audiência.

Na avaliação do juiz, o MPF reuniu um número significativo de documentos que amparam as afirmações nas denúncias, especialmente o envolvimento direto de Nestor Cerveró nas contratações dos navios-sonda e as dezenas de transações financeiras relatadas pelo criminoso colaborador e que representariam atos de pagamento de propinas e de lavagem de dinheiro.

Entre os documentos, há extratos que demonstram as transações que teriam sido efetuadas para contas beneficiárias indicadas por Fernando Soares. “Foram também juntados documentos relativos aos pagamentos efetuados pelas empresas de Júlio Camargo no Brasil”, afirma Moro.

Nestor Cerveró e Fernando Baiano respodem por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Além destes crimes, Júlio Camargo responderá por evasão fraudulenta de divisas e fraudes em contratos de câmbio. Nesta ação, Youssef responde apenas por lavagem de dinheiro.M(G1)

Leia na íntegra/Assista vídeo

Vista aérea da refinaria de Pasadena, comprada pela Petrobras no Texas

Vista aérea da refinaria de Pasadena, comprada pela Petrobras no Texas – Gilberto Tadday/VEJA

A Controladoria-Geral da União (CGU) concluiu nesta terça-feira auditoria que aponta que a compra da refinaria de Pasadena, no Texas, representou prejuízo de 659,4 milhões de dólares para a Petrobras. O veredicto do próprio Executivo representa mais um revés para o governo, que tentava justificar a malfadada operação alegando que o Conselho de Administração da estatal, presidido na época da transação pela então ministra da Casa Civil Dilma Rousseff, havia sido induzido ao erro por pareceres falhos elaborados pelo então diretor da Área Internacional da petroleira Nestor Cerveró.

As conclusões da CGU, que apontam que a estatal brasileira pagou muito além do preço justo pela unidade de refino nos Estados Unidos, incluem ainda a abertura de processos administrativos contra 22 ex-dirigentes e funcionários da companhia, entre os quais o ex-presidente José Sergio Gabrielli e os ex-diretores da Área Internacional Nestor Cerveró, de Refino e Abastecimento Paulo Roberto Costa, de Serviços Renato Duque e Jorge Zelada, também ex-responsável pela Área Internacional.

Para a Controladoria da União, órgão responsável pelo controle e monitoramento do uso de recursos públicos, a Petrobras, ao decidir pela compra da refinaria de Pasadena, “não considerou todas as premissas aplicáveis ao negócio”, utilizou o “pior” método como compradora e afirmou que, se esses fatores tivessem sido avaliados, “resultariam na redução do valor máximo aceitável para a compra”. Na avaliação da CGU, a empresa brasileira utilizou, para justificar a operação Pasadena, a potencial rentabilidade do empreendimento, e não o valor dos ativos no estado em que se encontravam.

De acordo com a CGU, a transação foi baseada em cláusulas contratuais favoráveis à emprega belga Astra, que tinha o controle de Pasadena, sem compensar de forma justa a Petrobras, e sem dividir de forma equânime os riscos do negócio. A cláusula Marlim, por exemplo, previa à Astra Oil uma lucratividade de 6,9% ao ano independentemente das condições de mercado, enquanto a Put Option obrigava a empresa brasileira a comprar a outra metade da refinaria caso os dois grupos se desentendessem – o que acabou acontecendo.

O Tribunal de Contas da União (TCU) já havia analisado a operação Pasadena, considerada uma das mais desastrosas da história da estatal do petróleo, e constatado que a transação impôs à empresa prejuízo de 792 milhões de dólares. Ainda assim, a maior parte dos ministros daquela Corte consideraram, em julgamento de Plenário, que a decisão da petroleira de tentar esgotar todos os recursos judiciais antes de pagar a empresa belga Astra havia sido baseada em “critérios técnicos razoáveis sem nenhum dolo ou culpa dos administradores”.​ (Veja)

Juiz que deu voz de prisão a funcionários da TAM é afastado do cargo.
(Foto: Reprodução/TV Globo)

O juiz Marcelo Baldochi, titular da 4ª Vara Cível de Imperatriz, no Maranhão, foi afastado do cargo por abuso de poder, após dar voz de prisão aos funcionários da TAM que o impediram de embarcar, após ele ter chegado atrasado para pegar o voo. A decisão pelo afastamento foi anunciada na manhã desta quarta-feira (17) pelo Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), após a conclusão da sindicância da Corregedoria de Justiça (CGJ-MA), que apurava a conduta do magistrado.

Baldochi poderá recorrer, mas permanecerá afastado do cargo até nova decisão. O caso do juiz será investigado através de um processo administrativo disciplinar para a decisão final sobre este caso e outras denúncias que a sindicância recebeu em relação a Marcelo Baldochi. O prazo para conclusão das investigações da comissão é de no máximo 30 dias, mas a ideia é que o relatório seja entregue antes do fim de ano.

Relembre o caso
Funcionários da companhia aérea TAM que trabalham no aeroporto de Imperatriz (MA) receberam voz de prisão dada pelo juiz Marcelo Baldochi, titular da comarca de Senador La Rocque, também no Maranhão e foram conduzidos ao plantão da Polícia Civil na cidade.

O fato ocorreu no último sábado, 6, após o magistrado ter sido informado no aeroporto de Imperatriz que não poderia embarcar na aeronave com destino a São Paulo, pois a chamada tinha sido encerrada e a porta de embarque estava fechada cerca de sete minutos antes da sua chegada. Inconformado com a situação, Baldochi disse a um funcionário da empresa aérea que estava ocorrendo um desrespeito ao direito do consumidor.

De acordo com uma testemunha que presenciou o ocorrido no local, o juiz chegou a entrar na área de embarque e deu voz de prisão ao funcionário, convocando um policial militar que estava no aeroporto para o conduzir até a delegacia. Diante deste fato, outros funcionários da TAM tentaram intervir e acabaram recebendo voz de prisão também, totalizando assim três atendentes conduzidos ao plantão da Polícia Civil. (Correio da Bahia)

João Paulo Cunha deixa o Sindicato do Comercio Varejistas de Osasco e Região

Ex-deputado petista João Paulo Cunha 

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira que o mensaleiro petista e ex-presidente da Câmara dos Deputados João Paulo Cunha (PT-SP) precisa devolver aos cofres públicos 536.440,55 reais para conseguir progredir para o regime aberto e, consequentemente, ter direito à prisão domiciliar.

Cunha foi condenado no julgamento do mensalão a seis anos e quatro meses de prisão em regime semiaberto pelos crimes de lavagem de dinheiro e peculato e alega já ter cumprido o mínimo de um sexto da pena, requisito que, a exemplo dos também mensaleiros José Dirceu e José Genoino, permitiria a ele migrar para o regime aberto. Para o STF, porém, ao contrário dos demais beneficiados, no caso do crime de peculato (desvio de dinheiro público) a progressão de regime está condicionada ao ressarcimento ao erário. O veredicto desta quarta-feira confirma decisão individual que havia sido tomada pelo ministro Luís Roberto Barroso.

No julgamento desta tarde, Barroso afirmou que a exigência de reparo dos cofres públicos é o principal mecanismo para coibir crimes de colarinho branco. Ele rejeitou a tese de que João Paulo Cunha não teria condições de pagar os mais de 500.000 reais e desqualificou a estratégia da defesa de apresentar declarações de Imposto de Renda como forma de comprovar a suposta insolvência do mensaleiro. “A regra geral é a de ‘quem se apropriou tem que devolver o dinheiro’. É de se presumir que o dinheiro apropriado continua no patrimônio do peculatário, que não coloca na conta bancária nem na declaração de Imposto de Renda”, disse.

Leia na íntegra

O Desonelator é uma máquina individual capaz de dessalinizar a água do mar, deixando-a potável e ideal para o consumo humano.

A tecnologia foi desenvolvida por um grupo que conta com engenheiros indianos e ingleses e está em busca de financiamento coletivo para que seja produzida em larga escala.

O equipamento se diferencia por seu tamanho. Já existem grandes sistemas capazes de retirar o sal da água, mas, por sua praticidade, esta opção leva a solução para qualquer lugar, até mesmo aos locais mais remotos e de difícil acesso.

A falta de água potável não é um problema do futuro. Atualmente, segundo a ONU, metade da população mundial vive em áreas com escassez de água. Além disso, a falta de saneamento básico também afeta a qualidade dos mananciais.

O Desonelator surge como uma solução para este problema. Inicialmente o equipamento está sendo comercializado por US$ 479.

Os fabricantes consideram este um baixo custo, já que a vida útil do sistema é de, pelo menos, 20 anos e ele requer apenas manutenção básica durante todo este período.

Para que ele seja acessível às regiões mais carentes ou afastadas, a máquina é equipada com placas fotovoltaicas, que fornecem toda a energia necessária para o seu funcionamento, independente das redes de transmissão.

De acordo com os criadores, em um dia de sol, é possível desslinizar até 15 litros de água por dia, que podem ser consumidos imediatamente, sem a necessidade de filtros ou elementos químicos para a retirada de poluentes. (Tribuna da Bahia)

EFEITOS DO PETROLÃO

abreu e lima

Abreu e Lima é uma das obras que serão concluídas em 2015

Os investidores internacionais têm perguntado insistentemente aos consultores e bancos de investimentos brasileiros:

- As obras de infraestrutura no Brasil vão parar em 2015?

- As empreiteiras estrangeiras vão poder operar no Brasil? (Veja)

Por Lauro Jardim

MIGUEL FALABELLA VOLTA AO VÍDEO SHOW

Miguel Falabella comandou o Vídeo Show de 87 a 2001

Com as frequentes queda na audiência, o Vídeo Show vai olhar para o passado para tentar se reerguer. Miguel Falabella, que comandou a atração de 1987 a 2001, vai voltar em janeiro de 2015. “Recebi o convite no início de dezembro e gostei da proposta do Boninho para encerrar o programa”, contou, em entrevista ao UOL.

Além de Falabella, Cissa Guimarães -  “a garota que quebra o coco e não arrebenta a sapucaia” – também foi convidada para voltar ao Vídeo Show. Boninho vai comandar a direção do programa a partir de janeiro de 2015.

Depois da saída de Falabella, o Vídeo Show foi apresentado por André Marques e Ana Furtado. Neste ano, Zeca Camargo foi para o programa, que ganhou um novo formato. Porém, não agradou e a audiência, que já estava baixa, caiu mais ainda. (A Tarde)

A proposta tem 165 páginas e mais 360 de anexos

A proposta tem 165 páginas e mais 360 de anexos

O deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) acaba de apresentar à CPI Mista da Petrobras um relatório alternativo da oposição. A proposta, de 165 páginas e mais 360 de anexos, pede o indiciamento da atual presidente da estatal, Graça Foster.

Também foram incluídos outros acusados de envolvimento no esquema de corrupção na empresa, como o doleiro Alberto Youssef, o ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa, o deputado cassado André Vargas (sem partido-PR), o deputado Luiz Argôlo (SD-BA) e representantes de empreiteiras.

Os oposicionistas consideram que Graça Foster praticou o crime de falso testemunho quando negou à CPI Mista que soubesse de denúncias referentes ao pagamento de propina a funcionários da estatal pela empresa holandesa SBM Offshore.

Para eles, a executiva também tinha conhecimento e deixou de cumprir sua obrigação em relação às denúncias de superfaturamento nas obras da Refinaria de Abreu e Lima – daí a existência do crime de prevaricação.

Os parlamentares também pedem o afastamento de Graça Foster e dos demais diretores e conselheiros da Petrobras.

“Tais medidas tornam-se necessárias para que as investigações internas da Petrobras, da Polícia Federal e da nova CPI que deverá ser instalada no próximo ano legislativo, possam ser realizadas sem a influência nefasta desses gestores que, de alguma forma, viram-se envolvidos em toda essa trama criminosa”, justificou Sampaio.

O voto em separado lido por Carlos Sampaio não é a única alternativa ao relatório produzido pelo relator Marco Maia (PT-RS). O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) também apresentou um texto alternativo em que pede o afastamento de Graça Foster e da diretoria da estatal. (Tribuna da Bahia)

(Thinkstock/Getty Images)

A Câmara dos Deputados aprovou, há pouco, emenda à Medida Provisória (MP) 656, reajustando os valores da tabela do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) em 6,5% a partir do ano que vem. A emenda foi aprovada simbolicamente e contou com o apoio da unanimidade dos deputados presentes à sessão da Casa. Todos os líderes, exceto o do governo, encaminharam pela aprovação da correção da tabela.

A emenda foi apresentada pelo DEM na comissão especial que analisou a MP, mas o relator da matéria, senador Romero Jucá (PMDB-RR), rejeitou a proposta que foi aprovada na tarde de hoje pelos deputados. Ela estabelece que quem tiver renda até R$ 1 903,98 estará isento da cobrança do Imposto de Renda (IR).

A MP 656 contendo o reajuste na tabela do IRPF será encaminhada agora à apreciação do Senado Federal. Ela foi aprovada na madrugada de hoje (17), mas com a falta de quórum a votação da emenda da correção do IR não pode ser apreciada na ocasião. A MP faz várias mudanças na legislação tributária federal, prorroga incentivos tributários e facilita o crédito consignado na iniciativa privada, além de estabelecer um novo regime de tributação para as bebidas frias. (IG)

Pela emenda aprovada a nova tabela do IRPF é a seguinte:

Base de cálculo                              Alíquota %            Parcela a deduzir do IR
Até R$ 1.903,98
De R$ 1903,99 a  R$ 2.853,44          7,5                               R$ 142,80
De R$ 2.853,45 a R$ 3.804,64           15                               R$ 356,81
De R$ 3.804,65 a R$ 4.753,96         22,5                              R$ 642,15
Acima de R$ 4.753,96                       27,5                              R$ 879,85

Votação foi feita de maneira rápida, sem obstruções (Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (17), propostas de aumento dos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF); do procurador-geral da República; dos deputados e senadores; da presidente e do vice-presidente da República; e dos ministros de Estado. Nos casos do Legislativo e do Judiciário, os subsídios passam a ser de R$ 33.763,00. Já os do Executivo serão de R$ 30.934,70. As matérias ainda precisam ser votadas pelo Senado.

De acordo com os projetos de lei 7917/14, do STF, e 7918/14, do Ministério Público da União (MPU), os salários dos ministros do Supremo e do procurador-geral da República aumentam de R$ 29.462,25 (2014) para R$ 33.763,00 a partir de janeiro de 2015.

A Lei 12.770/12 determinava que, a partir de 2015, os subsídios seriam de R$ 30.935,36. Entretanto, os projetos pediam um aumento maior, para R$ 35.919,05 (16% de elevação). A diminuição para R$ 33.763,00 foi negociada com o Executivo.

O reajuste do subsídio dos ministros da Corte, usado como teto salarial do funcionalismo público, terá impacto em todo o Judiciário, pois os salários dos juízes são calculados a partir do que é pago ao STF. Os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) ganham 95% do valor recebido pelos ministros do Supremo, enquanto os juízes da segunda instância ganham 95% do recebido pelos integrantes do STJ. Finalmente, os juízes de primeira instância ganham 95% dos de segunda instância.

Já o reajuste do procurador-geral da República terá impacto nos demais cargos de procuradores do Ministério Público.

As propostas também estabelecem três critérios para basear os reajustes salariais a partir de 2016:- a recuperação do poder aquisitivo;- o fato de que o salário dos ministros é usado como teto da administração pública; e - a comparação com subsídios e remunerações de outros integrantes de carreiras de Estado, como diplomatas, e dos demais servidores federais.

No caso do STF, a proposta original definia que esses critérios passariam a nortear os reajustes a partir de 2019, mas emenda do relator na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, deputado Sandro Mabel (PMDB-GO), antecipou esse prazo para 2016. Ele considerou o prazo original “inexplicavelmente distante”, já que as normas têm “inegável relevância”. (Congresso em Foco)

 

O deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) votou na manhã deste domingo (28) na Faculdade de Engenharia de São Paulo, na Zona Sul da capital paulista (Foto: William Volcov/AE)

Paulo Maluf (PP-SP), após votação em outubro deste
ano (Foto: William Volcov/AE)

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu nesta quarta-feira (17) aprovar o registro de candidatura do deputado federal Paulo Maluf(PP-SP), o que o autoriza a assumir um novo mandato na Câmara, a partir de 2015. A decisão derruba decisão anterior do próprio TSE e do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), que haviam barrado o parlamentar com base na Lei da Ficha Limpa. O Ministério Público ainda pode recorrer da decisão no TSE ou no Supremo Tribunal Federal (STF).

Em setembro, por um placar apertado, de 4 votos a 3, o TSE havia negado recurso de Maluf e barrado a sua candidatura à reeleição na Câmara dos Deputados com base na Lei da Ficha Limpa. O parlamentar, no entanto, ainda podia recorrer da decisão no próprio TSE e no Supremo Tribunal Federal (TSE), o que permitiu que ele pudesse continuar em campanha.

O procurador-geral eleitoral, Rodrigo Janot, chegou a enviar, em setembro, parecer ao TSE recomendando que a Corte negasse o registro eleitoral para o parlamentar.

Na decisão desta quarta, o resultado anterior do TSE foi revertido pelo ministro Tarcísio Vieira, que substituiu Admar Gonzaga na sessão. No julgamento feito em setembro, além de Gonzaga e da ministra relatora do caso, Luciana Lóssio, votaram contra Maluf os ministros Luiz Fux e Maria Thereza de Assis Moura. A favor de Maluf haviam votado o presidente do TSE, Dias Toffoli e os ministros Gilmar Mendes e João Otávio de Noronha.

Maluf obteve 250.296 mil votos nas eleições deste ano, sendo o oitavo candidato mais votado no estado. Ele, no entanto, não havia sido considerado eleito devido ao fato de o registro ter sido indeferido. O entendimento do TRE ao negar o registro se baseou numa condenação por improbidade administrativa (mau uso de recursos públicos) pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

O caso trata da construção do Túnel Ayrton Senna, quando ele era prefeito da capital paulista. De acordo com o julgamento, Maluf teria responsabilidade no superfaturamento de cerca de R$ 200 milhões da obra.

A lei eleitoral impede a candidatura somente quando o ato de improbidade é cometido de forma dolosa, isto é, com intenção de cometer o delito. Maluf, porém, foi condenado pelo TJ-SP por ato culposo, quando não há intenção de cometer ilícito.

Mesmo assim, o TRE-SP considerou haver dolo no caso com base na fundamentação da decisão do TJ-SP. Em setembro, a maioria do TSE entendeu que, apesar da sentença do TJ-SP não afirme expressamente que houve dolo por parte de Maluf, a intenção ficou implícita. A relatora do caso, ministra Luciana Lóssio, considerou haver dolo e culpa ao mesmo tempo, de forma “siamesa”.

No voto desta quarta que alterou a decisão anterior do TSE, o ministro Tarcísio Vieira ressaltou que a decisão do TJ-SP o condenava por ato somente culposo. “Me parece inviável desprezar a parte dispositiva, que claramente diz ter havido ato culposo”. Aderindo aos votos de Toffoli, Gilmar e Noronha, o placar virou para 4 a 3 em favor de Maluf.

Como Maluf foi o candidato mais votado de sua coligação, a validação de sua candidatura deve mudar a relação de deputados federais por São Paulo inicialmente divulgada. Isso ocorre porque é a soma dos votos dos candidatos e dos partidos da coligação que determina o número de cadeiras que cada uma delas obtêm na Câmara. Com mais votos oriundos de Maluf, a coligação formada por PMDB, PROS, PP e PSD deverá ter direito a mais vagas.

Após a decisão, Maluf agradeceu aos eleitores pelo Twitter e disse que dedicará “todas as forças” ao novo mandato. “Meus queridos como sempre tenho dito, minha ficha é limpa e mais uma vez a Justiça, através do TSE por ampla maioria assim decidiu e minha candidatura foi registrada”, comemorou. (G1)

(Foto reprodução/Google)

Após iniciar os negócios em alta pelo sexto dia seguido, o dólar mudou de direção e fechou em queda nesta quarta-feira (17), acompanhando o tombo de mais de 10% do dólar sobre o rublo após o anúncio de novas medidas do banco central da Rússia.

A moeda norte-americada caiu 1,23%, a R$ 2,7018. Na semana, há alta acumulada de 1,91%. No mês e no ano, a valorização é de 5,06% e 14,6%, respectivamente.

Os mercados seguem atentos à crise na Rússia, onde a moeda vem se desvalorizando fortemente por conta da baixa dos preços do petróleo e pelas sanções ocidentais devido aos conflitos na Ucrânia.

Os mercados globais têm mostrado intensa aversão a ativos de risco, como os brasileiros, principalmente devido à queda dos preços do petróleo – sintoma de fraqueza na recuperação global – e à disparada do dólar frente ao rublo, destaca a Reuters.

Durante esta sessão, a cotação do rublo foi influenciada pelo anúncio do banco central russo que tomará medidas para trazer estabilidade financeira aos mercados domésticos. “Quando viu o rublo subindo, o mercado decidiu que exagerou no pessimismo ontem. Foi uma onda de alívio global”, afirmou à Reuters o estrategista da Fator Corretora, Paulo Gala.

Leia na íntegra

Trio conseguiu fugir com objetos roubados

Um edifício foi invadido na manhã desta quarta-feira, 17, no bairro da Barra, por três elementos armados. O bando amarrou o porteiro do prédio e assaltou um dos apartamentos, subtraindo vários objetos.

Segundo a Superintedência de Telecomunicações das Policiais Civil e Militar (Stelecom), o edifício fica localizado na rua Guadalajara, na localidade conhecida como Morro do Gato.

Ainda não há informações sobre os itens levados pelo trio, que conseguiu fugir do local. Ninguém ficou ferido durante a ação dos bandidos. O caso será investigado pela 7ª Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho). (A Tarde)

Com o transtorno, o trânsito no trecho da rodovia ficou lento

Um carro pegou fogo no início da noite desta quarta-feira, 17, na avenida Luis Eduardo Magalhães, em Salvador, sentido Paralela. O veículo Ford Ka ficou destruído pelas chamas.

Ninguém ficou ferido e o motorista não foi localizado, segundo informações da Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador). O incêndio só foi controlado após a chegada do Corpo de Bombeiros. Ainda segundo o órgão, o veículo foi retirado do local por volta das 19h45.

Por conta do incidente, o trânsito no trecho da via ficou lento. O fluxo de veículos também chegou a ficar congestionado nas avenidas Paralela e San Martin, mas não demorou a voltar ao normal. Não há informações sobre a causa do incêndio. (A Tarde)

(Foto reprodução/Google)

Nesta quarta-feira (17.12), a presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, afirmou que “é uma satisfação e uma honra assumir novamente a Presidência Pro Tempore do Mercosul”.

A declaração foi dada durante a 47ª Cúpula do Mercosul, que está sendo realizada na cidade de Parana (Argentina). Ao assumir o cargo, Dilma substitui a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner. “Saúdo o empenho da presidência argentina na condução do Mercosul neste semestre”, disse a presidenta.

Em seu discurso, Dilma celebrou as eleições realizadas no Brasil e no Uruguai, e lembrou que “essa celebração da democracia era impensável na América do Sul poucas décadas atrás”.

Sobre seu mandato, Dilma afirmou que vai aprofundar as discussões sobre o futuro da união aduaneira e a definição de estratégia conjunta de inserção internacional do bloco Econômico.

Dilma também disse que vai aperfeiçoar os mecanismos institucionais do Mercosul. “O Brasil se empenhará de todas as formas para que o Mercosul continue avançando. Conto, nessa empreitada, com a ajuda de todos”, afirmou Dilma.

Além disso, a presidenta ressaltou que um dos pontos fundamentais de sua gestão será a renovação do Fundo para a Convergência Estrutural do Mercosul (Focem). “Espero que até o fim de 2015 nós possamos renovar e fortalecer o Focem, essa ferramenta essencial para a nossa integração e para a redução de assimetrias entre nossos Países”, disse.

Atualmente, o Focem executa 45 projetos, que totalizam US$ 1,450 bilhão de dólares em investimentos. Desde 2005, o fundo financia projetos voltados às áreas de energia, infraestrutura, saneamento e habitação. (Tribuna da Bahia)

« Artigos Anteriores  Próxima Página »

Últimos Posts

    Últimos Comentários

      Mais Comentados